Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
47 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59156 )

Cartas ( 21237)

Contos (13110)

Cordel (10292)

Crônicas (22201)

Discursos (3164)

Ensaios - (9445)

Erótico (13482)

Frases (46558)

Humor (19288)

Infantil (4464)

Infanto Juvenil (3737)

Letras de Música (5480)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138286)

Redação (3057)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5536)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->ESPIRITISTA FERRENHO (ENSAIO POÉTICO) -- 19/08/2010 - 15:03 (FERNANDO PELLISOLI) Siga o Autor Outros Textos
.
Espelhos da minha alma, soterrados nos subsolos dos labirintos do meu subconsciente, são foguetes espaciais de mundos mais adiantados, que subsistem dentro de mim... E as paixões enigmáticas do meu pragmatismo inexistente, pois sou um teórico inconsistente, evidenciam o meu idealismo espiritista ferrenho, onde tento ser um pouco mais realista e menos subjetivista... As assombrações que pairam sobre a minha cabeça alva, encapuzada numa tecnologia primorosa, despedaçam-se como estilhaços de solidões; abandonadas nas estradas das lamentações endiabradas... E as matérias volumosas de desejos insaciáveis, projetadas sobre o meu Espiritismo absolutista e sobressaltado, são diligências sem operacionalidades convincentes e desativadas...
Sou um espírito em processo de evolução, ainda que os conflitos paranormais estejam adiando a minha consagração artística e espiritual, convivendo com enlaçamentos viris de materialidades vulgares e sobressalentes... Os meus estudos amadurecidos, científica e filosoficamente, de uma doutrina espírita conhecida por Espiritismo metamorfoseou-me num discípulo ferrenho do mundo espiritual, como se eu tivesse me desfazendo da matéria antecipadamente... Apesar de estar enlaçado na matéria, através do perispírito, encontro-me navegando no espaço sideral – numa liberdade que se poderia chamar de pré-espirital... Atravesso galáxias e nebulosas multicoloridas, enquanto os materialistas de uma burguesia fedida deliciam-se com as paisagens italianas, ou com as gôndolas em Veneza... Não preciso movimentar o meu corpo material, nem gastar energia demasiada, para levitar o meu espírito dentro dos universos infinitos, até onde Deus, com a sua sabedoria onipotente, possa me permitir explorar a minha curiosidade científica...
Sou um progressista Ecomunitarista neste fulgor do terceiro milênio, perseguindo os meus ideais espiritistas de tal forma, que mais pareço um gato espiritual perseguindo um rato material... Não vejo vestígios de resquícios do materialismo adoentado, pois a era do espírito está tomando proporções incomensuráveis... E a eletricidade das minhas antenas parabólicas tecnológicas espiritistas tem tido uma participação ferrenha no processo evolutivo das coisas... As ingentes tempestades, os enormes tsunamis estão anunciando as grandes mudanças que ocorrerão no planeta; só não enxergam o cretinismo e o idiotismo, sob as deficiências mentais em que se encontram...
Acalmem os seus corações; mas a seletividade dos seres humanos, bem como de todas as criaturas, está sendo feita de forma racional e equilibrada: somente os seres mutantes sobreviverão às catástrofes da pós-modernidade... E as indicações são feitas mesmas pela força da natureza, onde as melhores espécies estabelecerão os novos contatos de convivência surpreendentemente espiritual... E aos meus inconformados dos submundos materialistas, fisgados pela cientificidade espiritual, eu tenho certeza que irão sucumbir nos precipícios abissais da vil ignorância...




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui