Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
259 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57940 )
Cartas ( 21204)
Contos (12788)
Cordel (10234)
Crônicas (22050)
Discursos (3145)
Ensaios - (9188)
Erótico (13450)
Frases (45027)
Humor (18875)
Infantil (4089)
Infanto Juvenil (3117)
Letras de Música (5496)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138516)
Redação (2984)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5184)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O CORDEL VAI CRESCENDO, ESTOU GOSTANDO -- 25/11/2003 - 15:42 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O CORDEL VAI CRESCENDO, ESTOU GOSTANDO
José de Sousa Dantas e MILAZUL, em 25/11/2003

DANTAS
Você é uma poetisa,
escreve com maestria,
mostrando sabedoria
nos versos que realiza,
sentindo o cheiro da brisa,
na mais doce inspiração,
faz vibrar o coração
de quem lê o seu poema,
revelando um grande tema,
com arte e com perfeição.

MILAZUL
Se com maestria escrevo,
Quem diz é meu coração,
Que só aprende a lição,
Na fonte onde tenho enlevo;
De teu cordel que descrevo,
Como a jóia lapidada,
No puro ouro incrustada,
Pois tens do rio o segredo,
Do garimpeiro sem medo,
Que conhece bem a estrada!

DANTAS
Aluno de professora,
ensinar reza a vigário,
alterar o calendário,
ter idéia promissora,
singular e redentora,
ter alta capacidade,
desmentir toda verdade,
ser o pai da CRIAÇÃO,
em tudo ser campeão,
precisa ser sumidade.

MILAZUL
Na escola também se aprende,
meu doce destinatário,
que, quando o aluno é precário,
precisa de algum reforço,
o mestre não poupa esforço,
preocupado de verdade,
não o faz por caridade,
vai o pupilo treinando,
com rigor, de vez em quando,
Mas reconhece a humildade.

DANTAS
O mundo é uma faculdade
pra quem quiser aprender,
lutar e desenvolver,
com coragem e com vontade,
usando a capacidade,
sob a luz do CRIADOR,
faz trabalho de valor,
conquistando mais espaço,
vencendo todo embaraço,
tornando-se um vencedor.

MILAZUL
Num mundo tão desigual,
a faculdade da vida
é sempre luta vencida,
que nos parece irreal,
quando há vitória do mal,
onde tudo se completa,
na escola sempre repleta,
de lição e novidade,
ganhando notoriedade
do ensino que ela injeta.

DANTAS
Quando o homem se projeta,
pela sua produção,
recebe a premiação,
alcançando a sua meta,
na vida se locupleta,
agradecendo à vitória,
continua a trajetória,
ganha notoriedade,
mantendo a dignidade,
engrandecendo a história.

MILAZUL
Se na história se engrandece,
deixando seu marco forte,
neste mapa sem recorte,
que a memória não esquece,
na luta que mais parece,
triste arena de terrores,
touros cobertos de flores,
com cheiro de solidão,
mas no olhar uma ilusão,
Carente de mil amores.

DANTAS
Se quer perfume das flores,
tem que saber cultivá-las,
mantê-las e incentivá-las,
nas alegrias, nas dores,
preservando os seus valores,
o solo da plantação,
os frutos da produção,
tudo o quanto for preciso,
vivendo num paraíso,
provindo da construção.

MILAZUL
Cultivo flores e espinhos,
rosas caras que possuo,
nesta terra que construo,
produto de mil galhinhos,
ramas que abrigam os ninhos,
com ovos de migração;
aqueço meu coração,
com meu adubo de amor,
só colho a mais linda flor
perfume de meus carinhos.

DANTAS
Plantar semente e tratar
a planta com diligência,
para atingir a deiscência
no solo fértil, e gerar
um produto salutar,
nutritivo e valioso,
fortificante e gostoso,
mantendo a reprodução,
no ciclo de evolução,
sublime e maravilhoso.

MILAZUL
E na colheita se faz
nova seleção de frutos,
com lavradores argutos,
de um solo que satisfaz
e a semente que ali jaz,
expandindo a plantação,
para cobrir todo o chão,
sem deixar nenhum espaço,
adubada no mormaço,
vai germinar sempre mais.

DANTAS
Sei que o tema é infinito,
quanto mais se desenvolve,
mais a gente se envolve,
formalizando o escrito,
que vai ficando bonito,
na idéia projetada;
quem percorrer a estrada,
vai se encantar co’a visão,
sentindo forte emoção,
que será sempre lembrada.

MILAZUL
E na escrita se eterniza
o que vai no coração,
rima de verso ou canção,
na sua forma mais bela,
idéia doce e singela,
que o texto protagoniza,
a palavra suaviza,
e faz-se escrava da rima,
deste verso que se anima
na idéia que desliza.

DANTAS
São versos de improviso
à luz da imaginação,
pra nossa reflexão,
alimentando o juízo,
constituindo um aviso,
para toda a criatura,
que valoriza a cultura,
pensa, toca, sente e cria,
vibra, canta, faz POESIA,
com arte e desenvoltura.

MILAZUL
POESIA, arte da vida,
sabor doce da palavra,
que o chão de meu verso lavra,
suave expressão amiga,
qual nota de uma cantiga,
com sentimento adubando,
minha mensagem levando,
em asas de penas leves,
nestes versinhos que escreves,
nosso carinho exalando.

DANTAS
E o CORDEL vai crescendo,
estou gostando e querendo,
com você desenvolvendo,
e o mundo favorecendo,
que nos dá inspiração;
pra saber quem quer avança,
com fé e com esperança,
com coragem e segurança,
se empenha, trabalha, alcança,
faz a bela descrição.

MILAZUL
No cordel improvisado,
Que de um e-mail nasceu,
Escreves tu, leio eu,
um enredo não-combinado,
mas de gosto arrebatado,
ao mundo levando um gosto,
partindo do pressuposto,
que será bela a lição,
nascida do coração,
que nunca sai de seu posto.

DANTAS
O espaço está aberto,
pra quem quiser construir
seu CORDEL e difundir
todo, metade ou excerto;
se inspire e chegue mais perto,
vamos fazer mais CORDEL,
colocá-lo no painel,
para todos conhecerem
e nessa fonte beberem
o mais saboroso mel.

MILAZUL
Já que o espaço foi aberto,
pelo nosso menestrel,
venham seguir no CORDEL
e, a dois, neste rumo certo,
com nosso poema inserto,
junte-se com a POESIA,
entrando em nossa magia,
querendo traga a viola
dentro de sua sacola
E tudo será ALEGRIA!

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui