Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
167 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58296 )
Cartas ( 21211)
Contos (12891)
Cordel (10242)
Crônicas (22116)
Discursos (3152)
Ensaios - (9262)
Erótico (13457)
Frases (45483)
Humor (18988)
Infantil (4215)
Infanto Juvenil (3309)
Letras de Música (5511)
Peça de Teatro (1329)
Poesias (138804)
Redação (3008)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5292)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->RÍGIDAS CADEIAS -- 20/01/2010 - 16:30 (Dalva da Trindade S. Oliveira (Dalva Trindade)) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
RÍGIDAS CADEIAS

Por que é impossível? Por que não é possível?
A vida passa e nós passamos com ela também.
O que levamos deste mundo?
Apenas o que fizemos de bom ou ruim para ser apurado no além.
Além: para onde todos vão e ninguém volta.

Mas, o que é bom ou ruim?
São apenas conceitos formados por quem já experimentou as duas faces, e transmitidos de geração para geração.
Por que não deixar que experimentemos as situações que consideramos válidas e cheguemos às nossas conclusões?

A cadeia é muito forte e sofremos muito quando queremos quebrá-la. Ainda assim, creio que vale a pena fazer isso. Não, claro todos os elos da corrente, pois não teríamos, sequer, tempo para isso; mas, pelo menos, os que nos parecem mais fáceis, mais vibrantes, os que nos atraem. A única barreira nesses casos deveria ser a nossa consciência e a assunção dessa responsabilidade.

Se nos deixarem escolher, aprenderemos a valorizar o que fazemos e a termos comprometimento com os nossos atos.

No nosso dia-a-dia o que vemos é uma escala de valores para tudo que fazemos ou pensamos, semelhante a uma sinalização: FAÇA; NÃO FAÇA; É PERMITIDO; É PROIBIDO.
Se essas normas não forem alteradas e se os seres humanos não derem chance para que outros encontrem uma forma de melhorar as situações, tudo vai se tornar obsoleto, pois não se tem a oportunidade de conhecer o que se considera proibido e tentar colocá-lo em condição de ser permitido.

Com esse comportamento, sofre um mundo de pessoas que receberam a vida com uma “amputação”, deformada, e não lhes é permitido transgredirem algumas regras, mesmo que desejem melhorar alguns aspectos.

Viver, sim, mas não uma vida deficiente, limitada, especial, mas uma vida completa... Tão completa como nos foi entregue no Ato da Criação.

É necessário aprender a ver a beleza através das tentativas de outros seres humanos para melhorar o nosso mundo. É importante deixar que todos tenham a chance de modificar a rigidez de alguns elos das correntes humanas.

Dalva da Trindade S. Oliveira
18.08.1976
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 3Exibido 312 vezesFale com o autor