Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
63 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57105 )
Cartas ( 21170)
Contos (12601)
Cordel (10092)
Crônicas (22212)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43753)
Humor (18484)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2716)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4889)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Montevidéu -- 28/02/2013 - 16:36 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Montevidéu – Uruguai







A cidade apesar de estar impregnada pelo lixo, ela possui um traçado organizado, com belíssimos prédios e casas suntuosas, chamando atenção, assim como os seus monumentos, segundo os moradores a cidade não era assim, contudo com a péssima gestão, o povo está começando a se acostumar a viver entre sacos plásticos “florescendo” pelos campos urbanos.

O que mais chama atenção são as inúmeras árvores, transformando o local em um belo lugar bucólico, quando limpo, tendo uma conotação de calma e tranquilidade, como nos melhores lugares do interior brasileiro.

Os uruguaios ainda lembram com orgulho da copa do mundo de 1950, criaram até um monumento para o grande feito não cair no esquecimento, pois para repetir essa façanha vai ser muito difícil.

Os seus shoppings não são grandes e não têm tanta variedade como os do Brasil, mas quando eles reconhecem um brasileiro a ganância fica maior do que seus empreendimentos.

O grande produto de exportação segundo quem visita o país, deixou de ser o gado bovino e passou a disputar o alfajor com a Argentina.

Agora um perfeito exemplo para os nossos governantes é o presidente uruguaio, ele abriu mão de setenta por cento do salário, dizendo poder viver tranquilamente com o restante e ainda preferiu trabalhar em sua residência, informalmente, deixando o palácio presidencial de enfeite, alegando que podia perfeitamente atender as pessoas em sua residência, um grande exemplo de humildade e de cidadania.



Marcelo de Oliveira Souza
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui