Usina de Letras
Usina de Letras
32 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Silêncio -- 28/02/2003 - 00:33 (Amabilli de Assis Garcia) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
No desalento da vida

E nas amarguras angustiantes dos diálogos mal feitos.

Alimento meu passado, presente, e futuro.

Com o silêncio farto...

Farto de desentendimentos,

E primeiras impressões.

Que além de ficarem, deixam consigo rastro de desilusão.

E faz da vida um devaneio complexo.

Que me desfaz como água e açúcar.

Tornando-me o ser mais ilusório possível.

E destrutível por completo.

Várias pessoas ao meu redor, não tiram de mim a sensação de solidão.

Que são trazidas por conversas vagas.

E conduzidas por palavras sem valor,

Sem nenhuma gota de sentimento.

Nós seres humanos ainda temos a audácia, de querer julgar.

Reparar sem reparar-se , criticar sem criticar-se,

Fazemos de nossos olhos,

Espelhos para enxergar somente a poeira por baixo dos tapetes.

Nós seres humanos nos achamos tão fortes.

Mais se formos parar para pensar, não somos nada.

Além de carne e osso, a qualquer momento podemos virar pó.

Somos mais fracos do que uma flor,

Ela agüenta dias de chuva e sol,

E nós seres humanos fugimos de muitos obstáculos.

Nos escondemos por trás das muralhas da vida.

Fazendo com que a escuridão de um ser inquieto

Faça com que sentimos não só sua ausência como também sua falta.

Ser aliado do silêncio não é se fechar para o mundo,

Mas sim se privar de maus argumentos.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui