Usina de Letras
Usina de Letras
19 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61953 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10258)

Erótico (13560)

Frases (50357)

Humor (19993)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
cronicas-->Eu odeio Subjects -- 23/09/2002 - 00:15 (Antonio Araujo Queiroz Júnior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Eu odeio Subjects

O Fogo que arde sem se ver, é talvez o motivo para tantos desalinhados saltos, que os sentimentos nos colocam, como relàmpagos de euforia que vão do topo da montanha ao profundo do mar.
A força que por trás do homem se manifesta, e que de origem muitas vezes poeticamente o universo reclama, não só fecha os olhos como abre o nosso peito para todas as maravilhosas coisas novas, que antes nunca imaginávamos enxergar.
Os pelos, dos crespos, dos cabelos, das palavras, do final do século nada mais repetem a mesma sensação de vazio que todos sempre sentiram, mas cada um achando que o seu é especial e diferente de todos os passados.
A fuga do homem ou a salvação, neste contexto tanto faz, seria verdadeiramente amar ao próximo, principalmente quando o próximo for mulher, lógico.
O que é mais interessante, é que os mesmos problemas se repetem, e as mesmas palavras de salvação são dadas.
Porém, ninguém se salva !! Ou ninguém escuta ??!! Já não sou tão velho assim.
A linha de raciocínio, por mais que padeça ao contexto, sempre desponta em criatividade e inovação. Envolto sempre de um motivo maior, ligeiramente oculto, propositalmente, lógico.
O que me trás de volta a base de tudo isto : as palavras !!
Melhor que elas talvez só a música ... estou escutando rastapé agora.
O amor em mim é forte como uma rocha, e se fortalece mais a cada passo, seja para trás ou para frente, mesmo os meus preferidos sendo os para cima.
Estoy aqui, escutando forró, e digitando um texto sem pé nem cabeça, e que por mais que me pertença, não é nada sem você lê-lo.
E assim penso : Por que eu odeio Subjects ?

Se você deixar eu te levar, absolutamente eu não sei onde iremos parar,
porém o gostar é inevitável como os sonhos, como os passos e a mágica.

O cruzar das palavras foge às vezes da realidade que queremos ver, porém,
sempre retorna ao mesmo ponto.
Você vai ter que ver isto.
Eu não consigo, estou dentro.
Porém eu sempre sinto e direciono, tenha certeza disto.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui