Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
71 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57118 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10093)
Crônicas (22215)
Discursos (3137)
Ensaios - (9018)
Erótico (13404)
Frases (43787)
Humor (18497)
Infantil (3795)
Infanto Juvenil (2723)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138321)
Redação (2927)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2402)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4899)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->OS PORQUÊS -- 20/12/2012 - 12:06 (valentina fraga) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
"Chegou final do ano, é hora de rever!". Sempre escutei essa frase, no final do ano, ou no final de períodos importantes em nossas vidas. Hora de analisar e modificar, tomar um novo rumo, dar nova direção, mudar de ideia a respeito de conceitos que temos até então. O fato é que esse tempo, esse final esperado para que se tome uma nova posição, simplesmente não existe. Não acho que precisemos chegar as vias de fato do ano, às doze badaladas do dia 31 de dezembro, pra que se faça a mudança, para que se dê um novo rumo, pra que inicie-se uma nova estratégia de vida.

O ano calendário é apenas uma organização. As datas especiais são apenas necessidade humana, puro interesse comercial, ou interesse político de atender esse ou outro segmento social.

O momento de repensar sobre algum fato ou algum relacionamento em nossa vida é simplesmente qualquer momento, é agora, é já, é quando a coisa incomoda, a ponto de nos causar qualquer dano, ou tristeza, ou dor. O momento de repensar, ou pensar em novas atitudes, em novos caminhos, é imediato, é urgente.

Quando alguém nos incomoda, é hora de pensar se de fato aquela pessoa é imprescindível em nossa vida. Quando um trabalho nos aborrece, é hora de procurar outro, quando uma situação está difícil, o negócio é olhar de longe, olhar de cima, e perceber que é hora de mudar.

Será fácil tomar esse tipo de atitude? Não! É claro que não! Mas vale a pena pensar no assunto, vale a pena o esforço, e mesmo que não se consiga, o exercício de tentar mudar vai criar uma mudança sobre o ângulo que se vê a coisa.

Pode-se ao menos mudar a forma, colorir com outros tons, mudar o brilho, e seguir em frente, sempre em frente, pra que mais na frente, se mude mais um pouco, se olhe novamente e se faça um balanço sobre o que passou, que na verdade, é apenas o que podemos fazer.



Um bom ano à todos da Usina e agradeço imensamente por cada leitura, por cada comentário, por cada amigo que fiz, por cada carinho trocado em prosa e verso.



Desejo que nesse ano que começa sejamos um pouco mais felizes, afinal,

os porquês, servem só para questionar o que estamos fazendo, para determinarmos os passos a seguir.



Um Feliz 2013 à todos,



Valentina Fraga
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui