Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
37 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59142 )

Cartas ( 21236)

Contos (13107)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9441)

Erótico (13481)

Frases (46535)

Humor (19286)

Infantil (4462)

Infanto Juvenil (3733)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138253)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Letras_de_Música-->HOTEL CALIFÓRNIA (EAGLES) -- 24/10/2007 - 18:35 (Ulisses de Abreu) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. HOTEL CALIFÓRNIA (EAGLES)



Numa estrada escura deserta
Vento frio nos meus cabelos
O cheiro quente de colitas
Subindo pelo ar
Ao longe
Eu vi uma luz trêmula
Minha cabeça ficou pesada e minha visão diminuiu
Eu tive que dar uma parada por uma noite
Lá estava ela de pé na porta
Eu ouvi o sino de chamada
E eu estava pensando comigo
Isso pode ser o céu ou o inferno
Então ela acendeu uma vela
E me mostrou o caminho
Havia vozes no corredor
Pensei tê-las ouvido dizer

Bem vindo ao Hotel Califórnia
Que lugar amável
Que lugar amável
Que rosto amável
Há muitos quartos no Hotel Califórnia
Em qualquer época do ano
Em qualquer época do ano
Você pode encontrar
Você pode encontrar

A mente dela é de uma pervertida
Ela tem as curvas de uma Mercedes
Ela tem um monte de garotos bonitos
Que ela chama de amigos
Como eles dançam no pátio
Doce suor de verão
Alguns dançam para se lembrar
Alguns dançam para esquecer
Então eu chamei o Capitão
Por favor, me traga meu vinho
Ele disse
Nós não temos essa bebida aqui desde 1969
E ainda aquelas vozes chamam de longe
Te acordam no meio da noite
Apenas para ouvir-las dizer

Bem vindo ao Hotel Califórnia
Que lugar amável
Que lugar amável
Que rosto amável
Eles estão morando no Hotel Califórnia
Que surpresa agradável
Que surpresa agradável
Traga seus álibis

Espelhos no teto
Champagne rosé no gelo
E ela disse
Todos nós somos apenas prisioneiros aqui
De nossas próprias invenções
E na suíte máster
Eles se reúnem para o banquete
Eles o apunhalam com suas facas de aço
Mas não conseguem matar a besta
A última coisa que me lembro
Eu estava correndo para a porta
Eu tinha que achar a passagem de volta
Para o lugar onde eu estava antes
Relaxe, disse o homem do plantão noturno
Nós somos programados para receber
Você pode fechar a conta quando quiser
Mas não pode sair nunca.


Tradução
MUSICA E LETRA
EAGLES

MUSICA ORIGINAL E IMAGEM NO SITE

www.ulissesdeabreu.com
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui