Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
207 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59135 )

Cartas ( 21236)

Contos (13102)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46519)

Humor (19281)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138237)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Textos_Jurídicos-->Não vote na morte, de Michel Pinheiro -- 10/05/2012 - 07:21 (Michel Pinheiro) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

Não vote na morte


Publicado no jornal O POVO dia 9 de maio de 2012


Com a sabedoria que Deus lhe conferiu, dom Manuel Edmilson da Cruz, bispo emérito de Limoeiro do Norte, asseverou: “Quem vota em político corrupto está votando na morte!”. Quem é Dom Edmilson? É aquele que recusou publicamente uma honraria no Senado Federal, a Comenda Dom Helder Câmara de Direitos Humanos. Em seu discurso asseverou: “Não são raros os casos de pacientes que morreram de tanto esperar o tratamento de doença grave, por exemplo, de câncer, marcado para um e até para dois anos após a consulta – observou o bispo.


– A comenda hoje outorgada não representa a pessoa do cearense maior que foi dom Hélder Câmara.

Desfigura-a, porém. De seguro, sem ressentimentos e agindo por amor e com respeito a todos os senhores e senhoras, pelos quais oro todos os dias, só me resta uma atitude: recusá-la.”

Pois bem. Na mesma linha de pensamento cabe lembrar que nossa democracia é direta e o povo não sabe votar em seus representantes. Os que vendem o voto não têm compromisso com a coletividade, sendo coautores dos crimes praticados por corruptos e pelas consequências danosas de suas escolhas.

Os que votam em branco ou nulo omitem-se e favorecem o aparecimento dos corruptos. Já os políticos que compram votos não têm compromisso com a sociedade porque já pagaram seu mandato para os eleitores vendidos.

Não acredito no discurso que aponta a falta de educação como o problema da escolha dos maus políticos. Acredito que a maioria age de má fé mesmo, pois há inteligência no povo para muita coisa na vida, que permite a sobrevivência.

É preciso que seja criada uma consciência de solidariedade. Votar em político corrupto é permitir a retirada de dinheiro público de todas as áreas essenciais à convivência humana.

Qualquer um de nós pode necessitar de saúde e de educação pública. A falta de dinheiro público impede o funcionamento adequado de hospitais de emergência, gerando a morte.



Michel Pinheiro
Juiz eleitoral em Caucaia

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui