Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57095 )
Cartas ( 21170)
Contos (12595)
Cordel (10090)
Crônicas (22210)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43742)
Humor (18479)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2712)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138305)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4887)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Ensaios-->Memorial do Comunismo: Monumento de Washington -- 10/07/2007 - 10:15 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Inaugurado monumento em memória das vítimas do comunismo

por Fundacionburke em 07 de julho de 2007

Resumo: O Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, presidiu a inauguração de um novo monumento em Washington dedicado às vítimas do comunismo.

© 2007 MidiaSemMascara.org


O Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, presidiu a inauguração de um novo monumento em Washington dedicado às vítimas do comunismo, oportunidade em que comparou a Guerra Fria à atual “guerra contra o terrorismo”. O lugar escolhido para o monumento é muito central e visível, a pouca distância do Capitólio.

Desta maneira, o presidente dos Estados Unidos lembra em Washington, que não possuía nenhum monumento deste registro, “as vítimas do comunismo que ceifou a vida de mais de 100 milhões de homens, mulheres e crianças inocentes”. O presidente Bush assegurou que “nunca saberemos os nomes de todos os que pereceram, porém, nesta praça sagrada as vítimas desconhecidas do comunismo estarão consagradas para a história e serão lembradas para sempre...”.

“Dedicamos este memorial porque temos a obrigação com aqueles que morreram, para o reconhecimento de suas vidas e a honra em sua memória”. Ante a estátua inaugurada, o presidente comparou o comunismo com a atual praga internacional, o terrorismo, de maneira que assegurou que “do mesmo modo que os comunistas, os seguidores da violência radical islâmica estão condenados a fracassar”, disse Bush, que comparou repetidas vezes os islamistas extremistas com os nazistas e os comunistas soviéticos.

Além disso, o presidente norte-americano acrescentou que se manterá firme na causa da liberdade para assegurar-se de que “um futuro presidente norte-americano não tenha que parar em um lugar como este e dedicar um monumento aos milhões de assassinados por radicais e extremistas no século XXI”.

A estátua foi elaborada seguindo o modelo da “Deusa da Democracia” de papel maché que foi levantada pelos manifestantes na Praça de Tianamen há 18 anos.


Fonte: http://www.fundacionburke.org/cream/?page=10&post=326


Tradução: Graça Salgueiro




Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 491Exibido 887 vezesFale com o autor