Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
112 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57379 )
Cartas ( 21181)
Contos (12605)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44138)
Humor (18585)
Infantil (3847)
Infanto Juvenil (2802)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138546)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->O Quarto Poder -- 24/05/2012 - 11:12 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O Quarto Poder





Nesses tempos modernos de democracia, um outro poder que veio pujante é a imprensa, os verdadeiros olhos da população, cuja sociedade aprendeu a valorizar, respeitar e até pedir por ajuda.

Muitos problemas sociais a imprensa resolve exercendo o seu valoroso papel de divulgar, investigar e até cutucar os poderosos.

A nossa democracia de fachada, vem se adaptando e ao contrário da ditadura que persegue os poderes da liberdade, os políticos assumem os maiores desmandos, como o brasileiro tem memória curta, um dia sai na imprensa sobre o político corrupto, chegando até a ser expurgado no meio dos mal feitores do planalto central; mas demora um tempinho eles voltam com toda pompa de salvador da pátria.

A imprensa acostumou-se a ter um papel fundamental na nossa “democracia”, mas aos poucos esse mesmo órgão poderoso, ultrapassa o limite da investigação dos fatos e passa a ser delegado, interrogando no ar suspeitos, fazendo chacota com o suposto bandido; outras vezes toma a clava da justiça para julgar e disseminar sua opinião sobre determinado assunto.

Nessa semana, um conceituado jornalista, recebeu o governador do estado para tratar da greve dos professores, cedeu quase o programa todo para a sua excelência, contudo quando recebeu o sindicato dos professores, tratou todos os profissionais de educação com desdém, chegando até a dizer que estava de “sacanagem”. O representante do sindicato foi praticamente amordaçado, não podendo expressar nenhum pensamento.

A liberdade da democracia é assim mesmo, as pessoas são obrigadas a votar em quem não quer, a imprensa opina com a clava forte do seu novo poder e quem quiser se arvore a pensar o contrário, que no outro dia os donos da verdade soltam o verbo, ou melhor abanam o cartão vermelho!





Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui