Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
178 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57953 )
Cartas ( 21205)
Contos (12802)
Cordel (10234)
Crônicas (22052)
Discursos (3145)
Ensaios - (9191)
Erótico (13451)
Frases (45044)
Humor (18883)
Infantil (4091)
Infanto Juvenil (3129)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138521)
Redação (2984)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5193)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A ARGENTINA NÃO TEM DIREITO ÀS MALVINAS -- 01/04/2012 - 10:58 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Se me perguntarem se a Argentina tem o direito de revindicar as Ilhas Malvinas eu direi que não. Por quê? Porque os argentinos a perderam na guerra de 1982. E desde que o mundo é mundo as coisas funcionam da seguinte maneira: quem é derrotado numa guerra por disputa de território perde esse território. Se a guerra não tivesse acontecido ou a Argentina ganhado a batalha, ela teria todo o direito de reivindicá-las. Eles podem argumentar que as Malvinas lhes pertenciam no passado, mas ao permitir que os ingleses a ocupassem e a colonizassem perdeu a soberania sobre elas. De mais a amais não há dúvida de que as Malvinas (ou melhor: Falklands) sejam um arquipélago inglês encravado na América do Sul: a população fala inglês, os costumes são ingleses, a população age em pensa como os ingleses e o mais importante: considera-se um autêntico inglês. Aliás, nem seria justo com aqueles que ali vive, de um dia para outro, dizer-lhes que não são mais súditos da rainha Elizabeth II, que a partir de agora terão de obedecer a uma presidente um tanto destrambelhada, às instituições poucos confiáveis e a um governo que não respeita nem mesmo os acordos comerciais com os vizinhos. Quantos não se sentiriam humilhados e ultrajados? Os países do Mercosul, por questão de laços, podem se solidarizar com a Argentina; contudo, qualquer atitude além disso seria um disparate, como foi, no seu leito de morte, o ato de desesperado do governo militar ao guerrear com os ingleses.



ENCONTRE-ME TAMBÉM:
NO ORKUT
NO FACEBOOK
TWITTER
NO MEU BLOG



LEIA OUTROS ARTIGOS DO MESMO AUTOR:
A MULHER TEM O QUE COMEMORAR
A OPÇÃO PELO PINGUIM
RÚSSIA, CHINA E O APOIO À SÍRIA
O PT E AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS
SAUDADES DA VELHA USINA
O QUE ESPERAR DE 2012?
UM POVO NUM MOMENTO DE INSANIDADE
POR QUE ALGUNS ODEIAM O GOVERNO DILMA
O MANDRIVA ENSINANDO O PINGUIM A VOAR
MAR DE LAMA
O PREÇO DA ALIANÇA ENTRE EUA E ISRAEL
A INTERNET E A REVOLUÇÃO NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO
LINUXSOCIALL: O LINUX TEM AGORA A SUA REDE
SALVE-SE QUEM PUDER
O PLEBISCITO DE 2005 E A TRAGÉDIA NO RIO
AS REVOLTAS POPULARES NO MUNDO ÁRABE
IMPRESSÕES ACERCA DO SAMSUNG GALAXY TAB
A MENINA ÔNIBUS (RESUMO DA OBRA)

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui