Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
141 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57762 )
Cartas ( 21192)
Contos (12699)
Cordel (10207)
Crônicas (22326)
Discursos (3143)
Ensaios - (9126)
Erótico (13426)
Frases (44560)
Humor (18707)
Infantil (3973)
Infanto Juvenil (2911)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138413)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5040)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O AMOR QUE DURA -- 08/10/2003 - 16:55 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O AMOR QUE SEMPRE DURA
José de Sousa Dantas, em 08/10/2003

O meu amor verdadeiro,
que eu tanto desejei,
namorei e conquistei,
pra acabar o desespero,
vivemos o tempo inteiro,
eu me sinto muito bem,
nosso laço se mantém,
na mais perfeita estrutura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Desde quando iniciei,
o meu namoro com ela,
uma menina mais bela,
que logo me apaixonei,
depois de um ano, comprei
alianças no armazém,
ela me deu parabém,
mantendo a propositura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Fiz tudo pra conquistar
a mulher da minha vida,
minha deusa preferida,
que nasceu pra me amar,
eu procuro lhe agradar,
da maneira que convém,
ela me atende bem,
correspondendo à altura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Era tudo o que eu queria,
encontrar o meu amor,
pra sentir o seu calor,
nessa minha companhia;
vivemos em harmonia,
e não quero mais ninguém,
todo dia eu digo, amém!
por essa grande ventura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Tudo o que me pede, eu faço,
e o que peço, me atende,
pois ela me compreende,
pra nós não há embaraço,
todo dia lhe abraço,
ela nunca se abstém
de beijar e eu também
sentir no corpo a quentura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Minha musa inspiradora,
que me trata com carinho,
que enobrece o nosso ninho,
é uma grande professora,
fascinante, encantadora,
com a beleza que detém,
sua educação provém
do esmero da cultura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Eu sou um homem sortudo,
por viver com a mulher,
que me ama e que me quer,
e sou pra ela o seu escudo,
eu com ela tenho tudo,
sem ela, não sou ninguém,
representa todo harém,
com a sua formosura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Eu só sei viver com ela,
ela nasceu para mim,
é a flor do meu jardim,
a mais perfumada e bela;
ela é minha Cinderela,
que desfila muito bem,
seu charme me entretém,
irradiando ternura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

O AMOR É SEMPRE BELO,
MAS SÓ DURA SE FICAR,
faz o vate se inspirar,
e construir o seu castelo,
mantendo forte esse elo,
que se encanta e vai além,
toda inspiração provém,
da mais bela criatura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Eu me sinto satisfeito,
com a mulher que eu amo tanto,
minha paz e meu encanto
que abrilhanta o nosso leito,
nosso amor é tão perfeito,
que a nota é mais de cem,
e a união se mantém
sincera, forte e segura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

PRA MIM VOCÊ É PRESENTE
QUE A NATUREZA ME DEU,
já fizemos jubileu,
e as bodas recentemente,
a família é consistente,
todo o ano um broto vem,
vai chegar outro neném,
fruto da nossa feitura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Mantemos a chama acesa,
pois você me fortalece,
me anima e me aquece,
exuberando beleza;
é você minha princesa
deslumbrante, que contém
um valor que advém,
de sua firme postura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

O seu rosto, o seu olhar,
seu cabelo e seu nariz,
suas pernas, seus quadris,
seu molejo, seu andar,
a maneira de falar,
seu cheiro que me faz bem,
o dançar no xenhenhém,
e a perfeição da cintura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

A gente sempre passeia,
vai a festa de São João,
dança xaxado e baião,
no recanto da sereia;
faz visita na aldeia,
de barco, carro ou de trem,
não existe briga e nem
desengano e desventura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

QUANTO MAIS O TEMPO PASSA,
MAIS AUMENTA O NOSSO AMOR,
vou sentindo o seu calor,
bem mais quando me abraça;
você é a minha graça,
que me encanta e me faz bem,
nunca me causa desdém,
só me trata com ternura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Não falta em nossa morada,
alimentação gostosa,
você fica vigorosa,
brilhante, forte e corada,
bonita, nobre, engraçada,
distinta que sobrevém,
dinâmica e no vai-e-vem
me deixa com mais tesura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Quando eu beijo a sua boca,
eu sinto um grande prazer,
no desejo de querer,
numa ansiedade louca;
nossa paixão se espouca,
cada um não se contém,
e a vontade vai além
da forma que se afigura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Eu tenho grande tesão
por seu corpo sedutor,
que me deixa com fervor,
numa forte sensação;
é você minha paixão,
a mulher que me mantém
no nosso aconchego é quem
cozinha, lava e costura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

O SEU CORPO SEDUTOR
ATENTA MEU CORAÇÃO,
aumentando a vibração,
pra sentir o seu calor;
seu carinho e seu sabor,
da forma que nos convém,
nós aproveitamos bem,
na maior desenvoltura
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Eu quero estar toda hora
com você no meu caminho,
recebendo o seu carinho,
na paixão que me devora,
dentro de mim você mora,
você sabe muito bem,
que o nosso amor se mantém
firme, forte e sem frescura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Você vem me abraçar,
cheia de luz e carinho,
me beija de um jeitinho,
que me leva a delirar,
num desejo sem parar,
num embalo mais de cem,
e esse fogo se mantém
e garante a fase futura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Gosto de você assim,
deslumbrante e caliente,
fogosa, vibrante e quente,
cultivando o meu jardim,
o nosso amor é sem fim,
de repente sobrevém,
não há no mundo ninguém
mais repleta de doçura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Sua boca, a sua voz,
suas pernas, seus quadris,
o seu corpo e seus perfis,
debaixo dos meus lençóis,
me enrolo nos caracóis,
no balanço vai-e-vem,
segurando o seu sedém,
que parece tanajura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Sua boca pequenina,
no afago do seu beijo,
seu andar e seu molejo, ...
tudo isso me fascina,
você é nobre e grã-fina,
sincera e me trata bem,
está presente e intervém,
por ser ótima criatura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Nesse seu corpo perfeito,
que me dá tanta tesão,
capotei meu coração,
mas me sinto satisfeito;
por você tenho respeito
tão grande que vai além
da minha idéia que vem
controlando a travessura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Eu quero cobrir de beijos
esse seu corpo trigueiro,
desse amor que é verdadeiro,
que atende os meus desejos,
e ressurge como lampejos
no toque que advém
de um abraço que se mantém,
recheado de ternura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

O meu corpo lhe deseja,
lhe abraça e lhe venera,
lhe ama e lhe considera,
e você atende e me beija,
o meu coração lateja
querendo pular também,
que não sabe viver sem
ter a sua seiva pura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Você é meu bem-querer,
minha musa inspiradora,
envolvente, encantadora,
que me dá tanto prazer,
e me faz engrandecer,
toda hora está recém
preparada e diz meu bem,
quero ter sua quentura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.

Reconheço que esse tema
é vasto, grande e infinito,
é palpitante e bonito,
é negócio pra cinema,
descrevi sem ter problema,
da forma que achei por bem,
se exagerado, porém
tentei manter a lisura.
O amor que sempre dura,
quanto mais se dá se tem.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 1036 vezesFale com o autor