Usina de Letras
Usina de Letras
114 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10347)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Ensaios-->sonhos -- 19/10/2004 - 20:41 (Zerbinato) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
SONHOS
Sonhos, expectativas,tentativas infrutíferas.
Desilusões e noites em claro.
Pés no chão, embora embriagados, mas ainda no chão.
Cabeça nas nuvens, viajando em planos para o futuro.
Futuro incerto, incerto mas ainda assim, planejado.
Planos minuciosos, pensados e repensados.
E cada detalhe, cada mínimo detalhe.
Previsto e já tratado.
Então vem o acaso, e num único golpe.
Forte e violento, faz o chão se abrir embaixo dos pés.
O mundo gira um pouco mais veloz.
A cabeça não consegue acompanhar seu movimento.
A mente, demente, já vai bolando mil desculpas.
Desculpas para serem contadas a si mesma.
E tenta se enganar, acreditar que tudo vai dar certo.
Acreditar que ainda há futuro.
Mas nessa crença inútil, vai se machucando cada vez mais.
E a cada ferida, uma nova concepção surge.
A mente então se expande, vai adiquirindo mais experiência.
O corpo envelhece, os cabelos embranquecem aos montes.
O olhar perde o brilho e se torna cada vez mais distante.
Forte, sério e decidido, essa é a imagem que se faz.
Mas não sabem, não imaginam, nem ousam sonhar,
Como é frágil e inseguro esse pequeno mundo de sonhos...
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui