Usina de Letras
Usina de Letras
102 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10347)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Ensaios-->vida -- 19/10/2004 - 20:34 (Zerbinato) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
VIDA
Notas cansadas, sopradas, fracas...
Vindas dos últimos suspiros de uma ofegante respiração...
Sem ritmo e sem pulso...
Respiração que um dia brilhou...
E gritou, esbravejou e se enfureceu...
Revolta incontida, jovem e forte...
Que um dia, pura e inocente...
Não tolerava as injustiças...
E nenhuma das mazelas algozes...
Que dilaceravam o espírito humano...
Inumano, que na ânsia de seus desejos...
Lutou, enfrentou o mundo e venceu...
Triunfou e do alto de sua torre...
Viu seus ímpares sobrepujados...
E percebeu que finalmente alcançara o cume de sua vida...
Então sorriu, humilde e tristemente...
Pois sabia que tinha descoberto seu maior e mais bem guardado segredo...
Sentou-se, tomou a gaita em suas mãos...
E começou a soprar a sua última canção.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui