Usina de Letras
Usina de Letras
115 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10346)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Ensaios-->Modernidade??? -- 19/10/2004 - 20:04 (Zerbinato) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A menos que você se programe, não há muito o que se fazer numa terça-feira à noite, ainda mais quando está frio e está chovendo.
Eu tinha me programado, mas a reunião não aconteceu... azar total.
Estava cansado, longe de casa, com fome, felizmente estava com grana.
É foda quando você tenta, mas não consegue achar ninguém em casa, nem ao menos nos celulares, e de ligação em ligação, lá se foi meu cartão com a foto nova do batman.
O 'barulhinho jamaicano' (como denominou um scum lá no fórum) me trasnportava pra longe dali.
Me senti meio obsoleto ao ver a colação de vídeo games antigos, primeiro porque muitos eram da minha época, mas principalmente porque apesar disso, até hoje eu nunca tive um vídeo game.
Uma situação engraçada...
Uma garota passou deslumbrada com as vitrines, percebi que se tratava de uma 'miguxinha keridinha' de algum fotolog, apesar de seus comentários virtuais EMOcionados, de que sou: 'seu miguxinhu, seu amoleco, u homi da sua vida' ela sequer me deu boa noite...
Ponto para ainternet... às vezes me divirto comigo mesmo, quase rachei o bico de tanto rir com a situação e resolvi mesmo dar um rolê e ver o que tinha para comer.
A praça de alimentação é uma coisa impressionante, trata-se basicamente de um monte de gatinhos, sentados, fazendo pose de mal, tomando cerveja sem alcool, ou demorando três horas para acabar uma caneca de chop, olhando para as gatinhas que ficam desfilando por ali, nos fast-food da vida, com sua roupinhas bonitinhas e seus tênis all star desenhados com caneta bic.
O foda de não ser mais um moleque é que simplesmente você não se contenta mais com um x-burguer e uma coca-cola.
Fui obrigado pelo estômago a consumir uma refeição completa, com muito ravioli e frango à milanesa, pensei em pedir um refri, mas a máquina de chop me chamou a atenção.
A comida não estava tão boa assim, beleza, mais uma caneca de chop e fica tudo em casa.
A gatinha do fotolog se sentou a umas quatro mesas da minha e nem me viu... de certa forma foi bom, pois não estava com muita paciência para falar sobre nada e resolvi aumentar o volume do Ethiopians... why, why, oh why...
Mergulhei na terceira caneca de chop e consegui cheragr em casa bem, quer dizer, na casa da minha irmã, mas beleza, estou acostumado a não ter minha casa e ni final, depois de dois anos acabamos nos acostumando com essas coisas corriqueiras...
No mais, a 'pérola' da noite fica por conta da gatinha com calça agarradinha, camiseta do linkinpark e cara de mal, que andava com jeito de poucos amigos, enquanto seu pai - logo atrás - tentava acompanhar seu passos juvenis, mas estava um tanto difícil, pois o tiozinho vinha carregando as compras da filhota:
3 sacolas da C&A, outra sacola co uma caixa de all star e outras coisinhas a mais...

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui