Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61953 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10258)

Erótico (13560)

Frases (50354)

Humor (19993)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Pinheirinho -- 25/01/2012 - 14:09 (Andre Luis Aquino) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Os noticiários estão mostrando a reintegração de posse que está em curso num lugar chamado “Pinheirinho” na cidade de São José dos Campos/SP.Eu jamais seria a favor de invasões de propriedade particular, mas o que é escandaloso e gritante é a falta de cuidado do estado e de todas autoridades competentes com a questão social dessa ação.Milhares de pessoas foram postas na rua do dia pra noite sem nenhuma alternativa de moradia digna. O que foi oferecido foram alojamentos provisórios como se estas pessoas tivessem sido vitimas de uma catástrofe. O que não deixa de ser verdade em parte, porque afinal é mesmo catastrófica a maneira como essa ação foi levada a cabo. Para se livrar do que as autoridades envolvidas consideram pessoas indesejáveis foram até oferecidas passagens para o lugar de origem deles.

Á cerca de 8 anos centenas de pobres sem moradia invadiram um terreno ocioso de propriedade do mega-especulador financeiro Naji Nahas, que foi à falência depois de causar enorme rombo em milhares de aplicadores da bolsa de valores, devido a fraudes financeiras.Viviam no local cerca de 1.600 familias, aproximadamente 5.000 pessoas.Houve reações de vandalismo e selvageria sim quando a ação de reintegração de posse foi levada a termo, porém no meio destes que se aproveitaram para saquear o comércio também vive muita gente boa e muitos idosos, crianças e mulheres grávidas.

Parece mais uma das ações “higienistas” promovidas por um governo que governa apenas para a uma parcela privilegiada da população. Porém há acima desse caráter elitista um dever moral de todos nós cidadãos.A capacidade de se indignar com ações injustas tenhamos ou não uma boa condição social.Mesmo que tenha sido para cumprir a lei a ação foi desumana.Um terreno que vale 15 milhões de reais poderia sim ter sido comprado pelo estado e regularizando as condições de moradia e infra-estrutura dessas pessoas.

O interesse econômico não deve jamais suplantar o social e humanitário.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui