Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
96 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57113 )
Cartas ( 21170)
Contos (12596)
Cordel (10092)
Crônicas (22213)
Discursos (3137)
Ensaios - (9017)
Erótico (13404)
Frases (43772)
Humor (18490)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138320)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4892)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Big-exemplo! -- 20/01/2012 - 17:30 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Big-exemplo





Muita festa, álcool, corpos seminus, suor, piscina, muita paquera, tudo ao mesmo tempo, a gente tem a impressão de estar em uma noite badalada, uma grande festa, uma lavagem, ou algum “evento” similar.

Mas é isso mesmo que acontece em nossas festas, o mesmo exemplo ocorre na “casa mais vigiada do Brasil”.

Esse modelo de diversão é praticamente uma imposição, quem não bebe ou não se enquadra nessa sodomia, é taxado de vários termos, no mínimo de quadrado, chato, antipático ou anti-social, se por um acaso algum ou alguma participante do Bigcoisa, não tiver essas atitudes, acrescido ao comportamento de dormir junto, certamente seria o primeiro a sucumbir do sonho milionário.

A nossa sociedade é isso mesmo, muito consumismo, muitas festas, preços altíssimos, mas todos têm que estar ali na festa da rodada, na comemoração da cervejada, na lavagem da vodca, onde desejo e pornografia são as faces da moeda que circula no Brasil, e ao depararmos com um suposto estupro, as pessoas acordam para a realidade do nosso mundo, pois nossas crianças são rotineiramente incentivadas a isso, nesse modelo de educação familiar conturbada, essa versão do programa já está sendo bastante educativa, porque a mesma sociedade que apóia todo esse festival de baixarias, dentro e fora da “casinha” se pergunta, por que tanta violência?





Marcelo de Oliveira Souza



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui