Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61956 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10258)

Erótico (13560)

Frases (50363)

Humor (19994)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140713)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Contos-->segunda Alma -- 10/11/2002 - 10:11 (ADRIANA) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Segunda Alma

No dicionário esta é a definição de sonho: 1. seqüência de imagens e de fenômenos psíquicos que ocorrem durante o sono. 2. coisa ou pessoa vista ou imaginada durante o sono. 3. devaneio, fantasia, ilusão, utopia.
Quando sonhamos estejamos “acordados” ou dormindo nunca nos prendemos as definições técnicas e nem é preciso.
O sonhar, o imaginar, o criar são dons e nos levam a outra realidade. Quem não sonha? Seja por um mundo melhor, menos desigual, seja por um pequeno sonho, visto que, sonhos não são mensuráveis, eles são importantes para o sonhador e cabe a cada um de nós saber respeitar.
Prefiro ficar com a terceira definição de sonho. A palavra “utopia” muito me agrada, muito me faz viajar. Utopia significa ideal. Será que neste mundo moderno há espaço para sonhar? Tudo é tão real, tão cruel, tão desigual que será que vale a pensa sonhar?
Penso que sempre vale a pena sonhar e procurar realizar sonhos possíveis.
Voltando no século passado, pense no ideal da abolição. Quantos lutaram e morreram por tal ideal. O sonho da liberdade é o mais nobre de todos. A abolição foi alcançada, alguém sonhou, compartilhou e conseguiu.
Quem previu que o homem teria o poder de destruir a natureza e outros seres com uma bomba, alguém sonhou, projetou e conseguiu para infelicidade de outras tantas pessoas.
Ícaro sonhou voar, não conseguiu, seu sonho foi alicerce para outros sonhos que se tornaram realidade.
Alguém já tinha sonhado em ir a Lua? De ver a terra azul? Meu avô nunca acreditou em tal façanha, não sonhou junto, não quis ver a realidade concreta.
Outrora as correspondências demoravam dias para chegar, chegou o telégrafo, o telefone, o fax e agora a Internet. Internet, o meio decomunicação em que as pessoas sonham, sonham em ser o que não são, dizem fazer o que não fazem, são deuses e demônios, são o universo, e quem está “plugado” na grande rede são sonhadores, a procura de compreensão, de amizade, de amores, de coisas mil, será que posso chamar a Internet de sonho virtual?
O sonho pode ser bom ou mau, mas acredito que é a melhor maneira de viver. Quem já não se pegou embaixo de uma árvore, numa praça ou até mesmo parado em um sinal de trânsito com a cabeça “longe”, imaginando como seria isto ou aquilo? Até nossos irmãos que estão na seca do nordeste, sonham com chuva e a esperança de dias melhores. Será que nossos governantes não sonham em estudar uma maneira para que se resolva esta situação de tamanha miséria?
Quando vamos ao cinema, a uma peça teatral ou mesmo lendo um livro, compartilhamos o sonho do autor. Nunca tinha pensado nisto antes, compartilhar o sonho de outras pessoas através destes meios, mas isto é apaixonante. Se pararmos para pensar quantos sonhos compartilhamos, sonhos como casamentos, festas, realizações pessoais e profissionais, quantas coisas.
Pena que todos os sonhos não venham de natureza nobre, penso na explosão das embaixadas americanas ocorridas há pouco tempo, foi um ideal, um sonho destruidor, quantas vidas se foram, quantos ideais, quantos sonhos enterrados e perdidos. Penso na queda de um edifício ocorrido no Rio de Janeiro, quantos sonhos perdidos nos meios dos destroços, quantos objetos, vidas. No meio dos destroços foram encontradas fotos. Fotos, são nossos veículos de lembranças, de sonhos possíveis.
Pensar no sonho, refletir o sonho, sonhar, é muito difícil, o sonho nasce conosco, vive o nosso dia-a-dia, é o nosso íntimo, nosso amante, é nossa segunda alma.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui