Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
250 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57963 )
Cartas ( 21205)
Contos (12824)
Cordel (10234)
Crônicas (22053)
Discursos (3145)
Ensaios - (9195)
Erótico (13451)
Frases (45048)
Humor (18887)
Infantil (4095)
Infanto Juvenil (3134)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138526)
Redação (2986)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5196)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->DESPEDIDA DE GABRIEL GARCIA MARQUEZ -- 17/02/2002 - 21:45 (YÊDA GUANAES) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Texto da despedida de Gabriel Garcia

Marquez,lúcido e consciente ,nos seus

últimos dias de vida ,vítima de um

câncer linfático. Todos se emocionam

com a despedida de Marquez , um

instante inesquecível de sensibilidade

humana:



"Se, por um instante ,Deus se

esquecesse de que sou uma marionete

de trapo e me presenteasse com um

pedaço de vida,possivelmente não diria

tudo o que penso,mas ,certamente pensaria

tudo o que digo.

Daria valor às coisas,não pelo o que valem,

mas pelo que significam.

Dormiria pouco,sonharia mais, pois sei que

a cada minuto que fechamos os olhos,

perdemos sessenta segundos de luz.

Andaria quando os demais parassem,

acordaria quando os outros dormem.

Escutaria quando os outros falassem

e gozaria um bom sorvete de chocolate.

Se Deus me presenteasse com um pedaço

de vida vestiria simplesmente , me

jogaria de bruços no solo,deixando

a descoberto não apenas meu corpo,

como minha alma.

Deus meu, se eu tivesse um coração,

escreveria meu ódio sobre o gelo e

esperaria que o sol saisse.

Pintaria com um sonho de Van Gogh

sobre estrelas um poema de Mário

Benedetti e uma canção de Serrat

seria a serenata que ofereceria à Lua.

Regaria as rosas com minhas lágrimas

para sentir a dor dos espinhos e o

encarnado beijo de suas pétalas.

Deus meu, se eu tivesse um pedaço

de vida!...

Não deixaria passar um só dia sem

dizer às gentes- te amo, te amo.

Convenceria cada mulher e cada homem

que são os meus favoritos e viveria

enamorado do amor.

Aos homens, lhes provaria como estão

enganados ao pensar que deixam de se

apaixonar quando envelhecem, sem saber

que envelhecem quando deixam de se

apaixonar.

A uma criança,lhe daria asas,mas

deixaria que aprendesse a voar sozinha.

Aos velhos ensinaria que a morte não

chega com a velhice, mas com o

esquecimento.

Tantas coisas aprendí com vocês,

os homens...

Aprendí que todo mundo quer viver no

cimo da montanha,sem saber que a

verdadeira felicidade está na forma

de subir a escarpa.

Aprendí que quando um recém-nascido

aperta com sua pequena mão pela

primeira vez o dedo do pai,

o tem prisioneiro para sempre.

Aprendí que um homem só tem o direito

de olhar um outro de cima para baixo

para ajudá-lo a levantar-se.

São tantas as coisas que pude aprender

com vocês,mas,finalmente não poderão

servir muito porque quando me olharem

dentro dessa maleta,infelizmente

estarei morrendo "

GABRIEL GARCIA MARQUEZ



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui