Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
232 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57963 )
Cartas ( 21205)
Contos (12824)
Cordel (10234)
Crônicas (22053)
Discursos (3145)
Ensaios - (9195)
Erótico (13451)
Frases (45048)
Humor (18888)
Infantil (4095)
Infanto Juvenil (3134)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138526)
Redação (2986)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5196)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Saudade não tem maldade -- 09/01/2003 - 12:22 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente

José de Sousa Dantas, 05/01/2003



Toda saudade é lembrança,

mas esta só é saudade

se for pungente que invade

o coração com pujança.;

se existe a semelhança,

seu efeito é diferente,

que se conhece somente

quando se prova a verdade

Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente.



Todo mundo tem saudade

criança, jovem, adulto

rude, tolo, leigo, culto

de qualquer localidade

resulta de uma amizade

da doce paixão ardente

de fato antigo ou recente

de uma cara-metade

Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente.



Mesmo que ninguém procure

ela chega de surpresa

causando logo tristeza

sem remédio que a cure

não há peito que não fure

pousa, aperta levemente

incomoda o paciente

com sua ferocidade

Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente.



Até mesmo os animais

podem ter uma saudade

sentindo necessidade

nos sonhos sentimentais.;

são forças sensoriais

da inspiração da mente

que também passa na gente

na maior intensidade

Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente.



Quem saudade está sentindo

fica meio solitária,

cabisbaixa, sedentária

por dentro se consumindo

internamente convindo

e externamente é ausente

e muitas vezes indolente

perante a sociedade

Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente.



É próprio do ser humano

ter forte recordação

padecer uma paixão

um desgosto, um desengano

no nosso cotidiano

é um fato comumente

saudade não mata gente

mas fere sem piedade

Saudade não tem maldade,

mas dói na alma da gente.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui