Usina de Letras
Usina de Letras
72 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60242 )

Cartas ( 21285)

Contos (13380)

Cordel (10346)

Cronicas (22255)

Discursos (3185)

Ensaios - (9662)

Erótico (13517)

Frases (47985)

Humor (19476)

Infantil (4776)

Infanto Juvenil (4119)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139150)

Redação (3095)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5762)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Textos_Religiosos-->Jesus Cristo e o homossexualismo -- 23/03/2006 - 20:34 (CARLOS CUNHA / o poeta sem limites) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

















Seguir a Cristo nesta vida é passar por ela com amor no coração e cheio de boa vontade, para com os nossos semelhantes, mas isso só é possível quando nos livramos de nossos preconceitos, que nos afastam das outras pessoas e a elas de nós.

CARLOS CUNHA




Jesus Cristo e o homossexualismo

Deus criou o ser humano como sendo homem e mulher. Essa afirmação é usada por muitas pessoas que se dizem religiosas e cristãs. Realmente, é um fato, biologicamente há seres masculinos e femininos. Mas não é esse o X da questão. Se fosse possível descrever a sociedade humana em termos biológicos estaríamos perdidos, pois não somos somente seres naturais, que dependem da natureza, mas seres culturais e sociais.
Quando Deus criou os seres humanos ele deu a capacidade de pensar e criar. Deste ponto de partida criamos a cultura, que organiza e mantém a sociedade organizada. Do ponto de vista cultural, a natureza não desempenha um papel preponderante, mas a capacidade humana de ser e de transformar as coisas. Na cultura não existe uma unanimidade, mas uma diversidade.
A diversidade cultural é o que caracteriza a sociedade humana, agora não há apenas um padrão, mas diversos padrões, seja ele de comportamento, pensamento, interesse e de sexualidade. A sexualidade humana pode ser considerada como uma dádiva divina, pois permite as pessoas se relacionarem e sentirem prazer. Dentro do aspecto cultural a sexualidade não pode ser algo limitado a apenas um padrão, o heterossexual. A sexualidade humana é plural indo desde o celibato a prática de sexo com animais.
O ponto mais controvertido, do ponto de vista cristão está na homossexualidade. Ela sempre existiu desde os primórdios da espécie humana. Não era algo aberrante como alguns eruditos cristãos a relacionaram, mas uma demonstração de afeto e carinho. Um exemplo disso foi á cultura grega, onde a homossexualidade era considerada a tendência natural do homem.
O cristianismo em si não condena a prática homossexual, mas a sua prática nos templos dedicados a outros deuses. Da mesma forma o Antigo Testamento condena a homossexualidade não do ponto de vista de comportamento, mas de sobrevivência. As relações homossexuais eram condenadas por causa do desperdício de esperma. Em um mundo onde a expectativa de vida estava em torno dos 45 anos, por causa das guerras e doenças, era de vital importância ter a maior quantidade de filhos possíveis. Era necessário manter o povo numeroso, para que este continuasse existindo.
Jesus Cristo não teve em sua história nenhuma crítica à homossexualidade. Sua ação não era de “moral” ou de sexo, mas de amor. Sua ênfase estava no amor a Deus e ao próximo. Ele condenou sim, o grupo religioso que se preocupava unicamente em se mostrar “santinho” aos olhos de Deus, vivendo de forma hipócrita e arrogante, sem a menor preocupação com seu semelhante. Viviam de aparências, achando que assim estariam agradando a Deus. Jesus, pelo contrário, os criticou, valorizando aquelas pessoas que eram discriminadas e marginalizadas.
Certamente, um grupo de pessoas com quem Jesus se importaria seria a dos homossexuais, pois são discriminados e são vítimas de diversos preconceitos. Jesus preferiria almoçar com um grupo gay ou visitar uma travesti do que ir a um culto ou a uma missa. Da mesma forma como ele fez no passado com prostitutas, pecadores, leprosos e cobradores de impostos, ele estaria junto com os homossexuais.

(texto de Theólogos)



CARLOS CUNHA
O poeta sem limites





As páginas mais coloridas, interessantes, cheias de conteúdo e também as mais acessadas da USINADELETRAS, com uma média de 15.000 visitas diárias e um total de mais de 3.700.000. Nelas, em 2005, você encontrou poesias suaves, dedicadas aos amantes ingênuos, e outras muitas, muito pesadas, para aqueles que se entregam ao amor sem restrições e que fazem do delírio da carne sua religião. Há nelas também contos interessantes, sobre vários assuntos, que prendem a atenção do leitor e também muitos que contam histórias eróticas que os excitam e que os fazem masturbarem-se ao lê-los, infantis deliciosos que agradam as mamães e que deliciam as crianças, humor fino de alegria delirante com muito visual engraçado e muito mais. Há nelas também letras de músicas com midi-voice, infanto-juvenis alegres e educativos, crônicas e artigos interessantíssimos, frases muito profundas, além de textos religiosos que enaltecem a pureza da alma. Em eróticos tem textos delirantes, contos quentíssimos, novamente muita poesia, além das fotos de belas e deliciosas mulheres (que também são encontradas aos milhares nos ensaios) e vídeos de primeira qualidade – tudo livre de vírus. Agora em 2006 está tendo muito mais, não deixe de acessá-las.





Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui