Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
103 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57395 )
Cartas ( 21182)
Contos (12616)
Cordel (10141)
Crônicas (22260)
Discursos (3139)
Ensaios - (9065)
Erótico (13414)
Frases (44153)
Humor (18595)
Infantil (3853)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138563)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2409)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4945)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->As duas faces do Brasil -- 10/01/2011 - 22:00 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
As duas faces do Brasil





Num mesmo programa jornalístico de televisão, foi mostrada as duas faces do Brasil, noticiando um novo projeto que entrou em vigor para melhorar a vida dos animais que sofrem tanto nas florestas brasileiras.

Colocaram na pata do lobo-guará certa quantidade de células tronco para acelerar a cicatrização do animal, depois de um dia a patinha do bichinho está quase sarada.

Contudo na outra face da moeda, ou melhor, na outra reportagem, noticiaram o sistema caótico de saúde pelo qual passa o estado de Rondônia, cujo maior hospital não tem mais condições de receber tantos pacientes, um quadro que se estende em praticamente todas regiões da nação, na melhor das hipóteses.

Esse nosso país emergente, que encabeça reuniões de líderes mundiais, socorre outras nações e empresta dinheiro para o FMI, maltrata o seu povo, seu maior patrimônio.

Alardeiam aos quatro cantos que o povo está comprando mais, vivendo mais, entretanto percebemos essas máculas na crescente violência em grandes e pequenas cidades, o domínio do tráfico, a educação claudicante, seguida da desvalorização dos professores e finalmente o sucateamento, superlotação dos hospitais públicos.

Onde é que está errado o nosso gerenciamento? Será que o Brasil irá continuar sendo dividido por linhas imaginárias?

O cerceamento de serviços certamente nos joga ao reduto de países que beiram a miséria e não esse país pujante da “célula tronco” e modernas técnicas médicas, onde o feliz lobinho tem assistência fora do comum, pois o comum mesmo é o humilde encontrar a maca do desafortunado paciente num entroncamento de um corredor de hospital lotado, isso se der sorte de ser atendido, pois atendimento mesmo é somente para humanos com planos de saúde ou para os animaizinhos pondo a saúde em dia.



Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui