Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
72 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57107 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43758)
Humor (18486)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2717)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4891)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Morte -- 14/12/2002 - 18:48 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






Ela também persegue

Rodeia em quem consegue

Por mais que a gente negue,

Fazendo parte da vida

Uma grande enxerida

Em meio à dificuldade

Dentro da sociedade,

Doenças, temporais, violência

Obstáculos naturais e sobrenaturais.

Sem diferença ou exclusão,

A seta negra e fria

Um dia espetará seu coração,

Não adianta acordar

Em meio à noite

Filosofando ou orando,

Pois seu dia chegará

E tudo terminará

Como um sonho perpétuo

De quem já deixou de existir.



Marcelo de Oliveira Souza

Tel 71*91253586
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui