Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
46 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59156 )

Cartas ( 21237)

Contos (13110)

Cordel (10292)

Crônicas (22201)

Discursos (3164)

Ensaios - (9445)

Erótico (13482)

Frases (46558)

Humor (19288)

Infantil (4464)

Infanto Juvenil (3737)

Letras de Música (5480)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138285)

Redação (3057)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5536)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->EVOLUÇÃO HUMANA -- 15/09/2010 - 09:35 (FERNANDO PELLISOLI) Siga o Autor Outros Textos
.

Desde os primórdios da humanidade que o Homem sempre teve a intuição de uma força suprema, que criou os universos infinitos, e que mantêm o equilíbrio das naturezas dos diversos e infinitos mundos. É óbvio que a concepção da criação infinita das coisas materiais e espirituais foi sempre gradativamente proporcional ao evolucionismo humano.

Não precisamos ir muito além da nossa imaginação para compreendermos esta percepção divina – onde a observação humana sobre os fenômenos da natureza era categoricamente uma imposição indubitável da existência de inteligências superiores. Primariamente, o Homem concebeu a idéia de que existiam milhares de deuses que regiam as leis da natureza; posteriormente, percebeu a unicidade de um Deus onipotente. E como conseqüência, concluiu que Deus era perfeito em todas as suas perfeições e infinito... E quanto aos milhares de deuses, descobriu-se que eram os espíritos que habitavam os mundos espirituais – e que trabalhavam para realizar os desígnios de Deus... Por mais poderoso que seja um homem (ou uma mulher); jamais esteve imune a justiça divina – que vem sempre ao seu tempo...

A luta pela sobrevivência humana e a luta pelo poder de impor decisões sempre impuseram à vida uma amarga existência, cheia de atribulações e sofrimentos: mas o desejo insaciável de felicidade material e a esperança de alcançá-la foram responsáveis pelo surgimento de uma fé cega que acredita em milagres – as religiões, principalmente o Catolicismo, induziram os homens ao fanatismo religioso criando uma infinidade de “santos” milagrosos... Mais tarde, com o advento do Espiritismo, eis que surge um novo conhecimento científico e filosófico, ditado pelos Espíritos Superiores, que beneficia o Homem com a fé científica. Não quero aqui dizer que a fé cega não remova montanhas; mas quero constatar a insegurança social que estamos vivendo, e afirmar que o dogmatismo religioso ultrapassado é responsável pelo aumento das ovelhas desgarradas do rebanho de Deus – e o ateísmo juvenil cresce em função das concepções fantasiosas da nossa realidade cósmica. Os tempos modernos não assimilam idéias que não sejam cientificamente comprovadas... O materialismo, onde Deus é a matéria, é fruto das frustrações dogmáticas religiosas... E somente a população pouco estudada permanece fiel aos costumes religiosos; pois, em níveis culturais e intelectuais mais elevados, a cientificidade filosófica do Espiritismo é mais abrangente, reformadora e reveladora das eternas leis dos universos infinitos – e coerente com o destino humano...

A fé cega funciona ao crente perseverante, não tenho a menor dúvida desta verdade, e sei que os espíritos de guarda protegem e, muitas vezes, conduzem o Homem na sua peregrinação terrena... Mas a fé cega é ingênua e movida de ingente insegurança emocional, onde o fiel sonha com uma realidade inexistente – e quando desperta do sonho, os prejuízos são inumeráveis, sendo o ateísmo um fruto desta decepção religiosa dogmática ultrapassada. E esta atual modernidade tecnológica não comporta as efêmeras crendices populares; tanto que o poder da fé científica está se encorpando no mundo inteiro: e a ciência do Espiritismo já está sendo aplicada em muitos setores das ciências humanas, e com grande entusiasmo experimental...









Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui