Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
137 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57762 )
Cartas ( 21192)
Contos (12699)
Cordel (10207)
Crônicas (22326)
Discursos (3143)
Ensaios - (9126)
Erótico (13426)
Frases (44560)
Humor (18707)
Infantil (3973)
Infanto Juvenil (2911)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138413)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5040)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O QUE JESUS DISCURSOU -- 03/07/2003 - 11:24 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O discurso de CRISTO balançou as colunas modernas da ciência
José de Sousa Dantas e Daudeth Bandeira, em 02/07/2003

Jesus Cristo, o profeta luminoso,
enfrentou sem sobrosso os desafios,
recebendo de muitos elogios,
e blasfêmias na voz do invejoso;
tolerante, seguro, afetuoso,
procedeu com amor e complacência,
a postura da contra violência,
foi a grande mensagem que pregou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

O seu gesto era tão impactante,
que ficava gravado na memória,
demarcando o sentido da história,
registrando um cenário fascinante,
com a voz estridente e retumbante,
arrancando da sua inteligência
frases fortes com arte e sapiência,
que a platéia pasmada deslumbrou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Cristo não foi estranho à multidão,
pois não era nenhum extraterrestre
os discípulos o tinham como mestre,
ante a sua real demonstração,
eis que era de DEUS a encarnação
e um Filho da santa providência,
apesar de alguma divergência,
sua grande missão realizou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Um amigo é melhor do que dinheiro,
que ajuda, partilha e complementa,
que segreda, defende e orienta,
desenvolve e apóia o tempo inteiro,
cordial, confiante, verdadeiro,
que mantém amizade e transparência,
o respeito, a estima, a reverência,...
nisso o MESTRE, mostrou e cultivou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

CRISTO tinha o prazer de conviver
com as pessoas, a fim de conversar,
aceitava convite pra jantar,
beber vinho, comer e se entreter;
amizades gostava de fazer,
era simples não só na aparência,
cultivava e mantinha a convivência,
que exemplo importante Ele mostrou!
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Jesus Cristo queria a unidade
entre os homens, num clima de harmonia,
de amor, de respeito e de alegria,
de justiça, de paz e de verdade,
de ensino, de luz, de caridade,
pois assim revelou com veemência,
todo tempo Ele fez a referência
e o modelo de mar sempre ensinou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Sobre a arte de amar Cristo enfatiza,
que o AMOR, a mais nobre e elevada
expressão, que precisa ser tratada
com carinho, respeito, e profetiza
que o homem evolui, vive e precisa
cultivar o amor na existência,
que é fonte saudável e experiência,
mais POÉTICA que Deus propiciou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

O amor gera gestos mais profundos
que o poder e a justiça moralista,
o amor constitui uma conquista,
sentimentos sublimes e fecundos,
o AMOR e o PERDÃO são oriundos
da humildade e da plena consciência,
num estágio maior de excelência,
que Jesus atingiu e demonstrou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

No projeto de Cristo não havia
só lugar para homens, mas também
pra mulheres, que se sentiam bem
cultivar o amor com simpatia,
gentileza, candura e cortesia,
atenção, singeleza e paciência,
elegância, beleza e continência,
sensatez, a virtude que aplicou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Na escola de Cristo não se aceita
a disputa que seja destrutiva,
admite e estimula a construtiva,
porque esta é saudável e se aproveita,
para o mundo ele deixa essa receita:
crescimento, trabalho, eficiência,
lucidez, promoção e coerência,.....
entre outras lições que ele deixou
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

A história de Cristo é admirável,
foi um mestre dinâmico e tolerante,
solidário, sublime, impressionante,
paciente, amoroso e maleável,
incomun, popular, incomparável,
magnífico e de alta inteligência,
esmerado na escola da existência,.....
como sábio que DEUS o diplomou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Foi um gênio da sensibilidade,
da coragem, do amor, da harmonia,
da palavra, da ação, da profecia,
do carisma, da fé, da divindade.
Humanismo, brandura, piedade,
segurança, perdão, condescendência,
discursava com tanta competência,...
foi um MESTRE dos mestres que brilhou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Cristo foi no final crucificado,
mas em todos momentos foi tranqüilo,
esse gesto marcou o seu estilo,
por ser forte, vidente e controlado,
todo mundo ficou extasiado,
pela sua coragem e reverência,
simpatia, saber e eloquência,
nessa área ninguém lhe superou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Cristo era um exímio indagador,
quando alguém fosse a ele consultar,
ajudava a pensar e encontrar,
a resposta do interlocutor,
provocando a mudança interior,
e clareando o poder da consciência,
um princípio de pura consistência,
que Ele mesmo na terra praticou.
O discurso de CRISTO balançou
as colunas modernas da ciência.

Outros temas sobre JESUS, veja na USINA:

·Sou a luz, o caminho e a verdade, ninguém vai a meu Pai senão por mim
·A maior expressão que a profecia registrou na história universal.
·É Jesus a maior revelação entre todas que DEUS nos enviou
·E outros pertinentes.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 781 vezesFale com o autor