Usina de Letras
Usina de Letras
132 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10347)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->te cuida Daniézim........ -- 28/06/2003 - 15:45 (Zé Limeira) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Falô Ineu, Ói Ieu aqui!!

Ieu apareço!


As hemorroida do Danié Fiúza.

Danié, as hemorroida,
Dizem, si fô di butão
Dói muito mais qui o cão,
Chega a atrazá a vida,
Porém em contrapartida
Num afeta o cabra hôme
Pois o fruto quêle come
Num ocupa o fugarêro,
Se o vergalho tá intero
O seu probrema si some.

Mais se a dô que o consome
É firimento na língua,
Pode inté morre a mingua,
Pruqui o tezão si some.
Dispois de cinqüenta o Hôme
Mêrmo sendo quiném tu,
cabra macho, gênio cru,
O tezão muda de canto
Porém só li causa espanto,
Si si mudá para o cú.

Ai engroça o angú,
É mió usá quiabo,
Pruqui cenôra ô nabo
Deve duê pra chuchu,
De Caucaia ô de Exu,
Reze pra passa prá língua,
Tome “benzeta” Qui a íngua
Vai simbora duma veiz
Pode passá fome um meiz,
Mais num vai morrê a míngua.

Ti cuida meu fí, prá num vim prêsse lado, aqui num tem nada,...
Limêrinha do Tauá, preto azulado qui já morrêu, mais num tem inveja de quem tá vivo.

Abença Gerardim.. farta dez mêiz.....

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui