Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
93 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57397 )
Cartas ( 21182)
Contos (12616)
Cordel (10142)
Crônicas (22260)
Discursos (3139)
Ensaios - (9065)
Erótico (13414)
Frases (44153)
Humor (18595)
Infantil (3854)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5477)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138563)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2409)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4945)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Onde está o “guerreiro do povo”? -- 21/03/2010 - 21:10 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Onde está o “guerreiro do povo”?





Para morar em sociedade é necessário regras de comportamento, principalmente na terceira maior cidade do país em população, se não houver ordem e regras as coisas tornar-se-ão um verdadeiro caos.

Sempre comentamos sobre uma região belíssima em Salvador, onde fica instalada o finado parque Solar Boa Vista, as pessoas fazem o que querem, aproveitam que para destruir o que resta, com oficinas, estacionamentos, areais, britas, lixo e tudo que puder “contribuir” para a desvalorização do local, como desocupados, mendigos, lava-jatos até varais de roupa estão “enfeitando” o local; os carros e principalmente motos, cortam caminho pela contramão, estacionam em todos os lugares que desejam,tem até caminhão estacionado em ponto de ônibus, no parque já é “normal”; os caninos dominam a região, avançam nas pessoas, que evitam passar por certos trechos.

As pessoas ordeiras se perguntam até quando isso vai perdurar, está “célula” da cidade está um verdadeiro caos, sendo uma perfeita amostra da desorganização que vive a cidade, as fiscalizações inexistem, salvo a SUCOM que resolveu “acordar” com o barulho.

As promessas do “guerreiro do povo” sumiram, os serviços foram atrás, a reeleição ocorreu, o sofrimento continuou e mais uma vez clamamos por serviços, pois o IPTU, soube chegar direitinho, contudo o nosso drama se repete a cada ponto dessa cidade refletindo a péssima administração do nosso gestor.



Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui