Usina de Letras
Usina de Letras
41 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61983 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10446)

Cronicas (22532)

Discursos (3236)

Ensaios - (10271)

Erótico (13561)

Frases (50402)

Humor (20004)

Infantil (5393)

Infanto Juvenil (4728)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140727)

Redação (3291)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1957)

Textos Religiosos/Sermões (6144)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->7a. APOSTILA - TABELA PERIÓDICA - 6a. PARTE -- 17/02/2010 - 17:25 (Adalberto Borges Souza Junior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
ELEMENTOS DE TRANSIÇÃO INTERNA-

LANTANÍDEOS- Foram chamados inicialmente como terras raras pelo aspecto terroso de seus compostos com o oxigênio e porque se acreditava que fossem raríssimos.o nome do elemento químico lantânio, primeiro do grupo, deriva do grego lanthánien, que significa estar oculto



ACTINÍDEOS-: São conhecidos como segundos terras raras. O primeiro elemento químico, o actínio, vem do grego aktis(raio), pela radioatividade do elemento. Todos os elementos desse grupo são radioativos.

ELEMENTOS DE PÓS-TRANSIÇÃO- Podem ser encontrados na natureza em estado nativo, isto é, não combinados. Prata e ouro foram inicialmente usados como adorno e na fabricação de moedas. Mais tarde, descobriu-se que a adição de cobre reduzia o custo da cunhagem e aumentava a dureza da moeda, tornando maior seu período de circulação. Por este motivo, cobre, prata e ouro são chamados METAIS DE CUNHAGEM. Aqui estão os seus sub-grupos: IB- Cobre; Metal muito resistente, ótimo condutor de calor e eletricidade e forma ligas(latão); prata: é o metal que melhor conduz a eletricidade. Muito usado em joalheria e em odontologia. Em Medicina, é usada como antisséptico na forma de um sal, o nitrato de prata; ouro: nunca encontrado puro – no máximo 99% de pureza. É o mais maleável e dúctil dos metais. Pouco reativo e, daí, sua cor não ser afetada pela atmosfera.; sub-grupo IIB- zinco: Usado na fabricação de pilhas e na obtenção de ferro galvanizado, que é recoberto por uma camada de zinco para impedir a formação de ferrugem. Com o cobre, forma a liga latão, que é empregado em alfinetes, adornos e instrumentos musicais; cádmio: É tão mole que pode ser cortado a faca. É usado como revestimento protetor do ferro e do aço. Ótimo absorvedor de nêutrons, sendo usado como moderador de reatores nucleares; mercúrio: único metal líquido à temperatura ambiente. Muito venenoso, causando grandes desastres ecológicos, depositando nas células dos seres vivos.

SOBRE OS GASES NOBRES: Em 1962, foi sintetizado o primeiro composto verdadeiro de um gás nobre, XePtF6, cristal amarelo, chamado hexafluorplatinato de xenônio. Depois da síntese pioneira, muitos outros compostos de gases nobres foram elaborados, todos exigindo condições muito especiais de preparação.

São todos monoatômicos, inodores, presentes na atmosfera. Ao alguns deles:Hélio- Deriva do grego hélios(sol) por ter sido descoberto no espectro solar. Empregado para encher balões e dirigíveis; misturado com o oxigênio é usado por mergulhadores.; Neônio- Do grego néon,(novo), usado em iluminação e misturado com outros gases em anúncios luminosos.

SOBRE OS HALOGÊNIOS- O nome é derivado do grego halls(sal) + gennao(gerar, produzir); logo, são halogênios os formadores de sais. Exemplos: Flúor: Do latim fluere(correr, fluir). É o elemento mais reativo que se conhece – forma compostos até com os gases nobres. Usado na preparação de fluorcarbonetos, alguns deles empregados, como plásticos(teflon) e como misturas refrigerantes em instalações frigoríficas; Cloro- Do grego kloros(verde). É interessante notar que a clorofila recebe este nome pela cor verde, embora não contenha cloro. É o mais abundante dos halogênios, usado como desinfetante, principal ânion extra e intracelular dos animais. Bromo – Do grego bromos(mau cheiro). É irritante, líquido castanho-escuro, denso e volátil(produz vapores avermelhados). É pouco solúvel em água(chamada “água de bromo”) e deve ser manuseado com cuidado, pois é muito tóxico.; Iodo: Do grego iodes(de cor violeta). Sob forma de tintura tem ação medicinal; seu isótopo radioativo é aplicado em tratamento de tireóide.

SOBRE OS CALCOGÊNIOS - Tendem a formar moléculas poliatômicas, chegando a atomicidade 8, como S8, Se8 e Te8. Exemplos: Oxigênio: Essencial para os organismos vivos e é o mais abundante em massa na crosta terrestre. O nome oxigênio foi criado por Lavoisier, significando gerador de ácido. O oxigênio forma muitos minerais:: como ÓXIDOS( Fe2O3- hematita; SnO2- cassiterita; Al2O3(corídon,, que, quando “colorido” por outros compostos, forma PEDRAS PRECIOSAS, como a safira, o rubi, etc.); OXI-SAIS (CaCO3)&
8254; calcita, mármore, calcário, etc.; MgCO3-magnesita: CaCO3.MgCO3(dolomita; CaSO4.2H2O- gipsita ou gesso natural); Enxofre: Notável pela variedade de suas formas alotrópicas. É encontrado livre na natureza, sendo usado como inseticida e adubo;

SOBRE OS NITROGENÓIDES- Exemplos: Nitrogênio. Muito necessário aos organismos vivos. Forma moléculas diatômicas de grande estabilidade. Presente no NH3, produto da putrefação de materiais biológicos.; Fósforo – É indispensável em biossíntese e na transferência de energia. Responsável por 60% da constituição dos ossos.

SOBRE OS CARBONÓIDES- Exemplos: Carbono: Ocorre em todos os animais e vegetais combinado com hidrogênio e oxigênio, necessário para os seres vivos. Combinado com oxigênio, existe na atmosfera como CO2; Silício: Segundo elemento mais abundante na crosta terrestre, sendo extremamente importante para o reino mineral. O silício, junto com o oxigênio, formam os silicatos. Os silicatos são os compostos mais abundantes da crosta terrestre(feldspato, talco, caulim, topázio, mica, todos com fórmulas múltiplas do SiO2, combinados com outros elementos químicos). Também, sob a forma de SiO2, constitui, entre outros, a areia, o quartzo e a opala; ocorre, praticamente, em todas as rochas.

Podemos exemplificar, também, o sistema de fabricação do vidro comum, que é produzido pela mistura de areia(SiO2), soda ou barrilha(Na2CO3) e calcário(CaCO3), que é aquecida em fornos especiais, a cerca de 1.500 °C, produzindo o vidro (Na2O)x&
61471; . (CaO)y . (SiO2)z.

Germânio: Muito usado na fabricação de transistores e em aparelhos eletrônicos; Chumbo: Usado como inseticida, na fabricação de artefatos metálicos (tubulações, caracteres de imprensa, etc.) e na indústria química. Um dos seus sais, o chumbo tetraetila, é aditivo da gasolina. É muito venenoso e acumula-se no organismo. É o metal que melhor absorve as radiações nucleares, sendo, por isso, usado como protetor nos aparelhos de raios X;

SOBRE OS ALUMINÓIDES OU GRUPO DO BORO- Alumínio: é o mais abundante dos metais na crosta terrestre.. Está sob a forma de aluminatos(ex.: espinélio: MgO.Al2O3), mas é encontrado com mais freqüência junto com o silício, nos denominados alumino-silicatos(Ex.: mica- K2O.3Al2O3.6SiO2.2H2O).Utilizado em armações e esquadrias e nas indústrias automobilísticas e aeronáutica;

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui