Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
112 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57397 )
Cartas ( 21182)
Contos (12616)
Cordel (10142)
Crônicas (22260)
Discursos (3139)
Ensaios - (9065)
Erótico (13414)
Frases (44153)
Humor (18595)
Infantil (3854)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5477)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138563)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2409)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4945)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->O Encanto de Natal -- 28/11/2009 - 21:04 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O Encanto de Natal





O final de ano vem chegando, as pessoas se preparam para as festas com toda aquela expectativa, cujo comércio agradece tanto empenho.

O consumismo é alimentado até onde não puder mais, os anos passam e as pessoas esquecem o motivo da festa Natalina, que é o nascimento de Jesus Cristo, mesma coisa acontece no dia da padroeira do Brasil, em outubro, a mídia conseguiu transformar no feriado das crianças.

Apesar disso, o Encanto de Natal continua com algumas pessoas mais centradas em ajudar o próximo, em agregar a família em uma ceia, amenizando o que hoje é o principal motivo da festa: os enfeites das árvores, o “chester” ou pernil suíno, o peru e principalmente os presentes que são ofertados.

Tudo isso gera uma grande controvérsia Natalina, onde uns têm condições para comprar, enquanto os que não têm condições dão um jeito lícito ou ilícito, alimentando assim a violência de final de ano.

Independentemente de religião, todos sucumbem ao apelo da época, porém o mais importante é olharmos o outro como uma extensão de nós mesmos, pois a raça humana é surpreendente, e quando menos se espera encontramos uma mão estendida, segurando a esperança de que o Encanto de Natal jamais termine.







Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui