Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->Êita ôi di Bila iscrôto! ele num é da famia Feitoza cum Z? -- 07/05/2003 - 01:49 (Antonio Caldas Brito(Piolho-Chato)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Daniézinho Fiúza
Esse tal de Ôi de Bila
É mesmo um arretado
Que jamais entrou em fila,
Sei que não é de Proza
Mas o Lourenço Feitoza
Faz ele virar qualira.

Pode até ser bom de mira
E matador de primeira,
Ter nascido em Caucaia
E ser mestre na peixeira,
Mas se o Lourenço topa
Ele vai “mijá de coca”
E morrer de caganeira.

Diz prá amolar a peixeira
Até ficar só ocabo
Que fica melhor assim
Porque depois de tá brabo
depois de dar um pau nele
Lourenço vai tomar dele
E inficar-lhe no rabo.

Um abraço pratú, outro pro Oi di Bila

Piolho-Chato 1º
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui