Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
78 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57115 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10093)
Crônicas (22213)
Discursos (3137)
Ensaios - (9018)
Erótico (13404)
Frases (43776)
Humor (18492)
Infantil (3793)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138324)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2402)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4894)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Todo enfiado! -- 27/08/2009 - 14:47 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Todo enfiado!







O grande comentário surgido na semana foi a exibição de “um show” de um pseudo-grupo chamado “o troco”, onde uma mulher que intitularam como professora requebrou, ao passo que o “esperto “ “cantor” grunia tons musicais vociferando a frase “ todo enfiado!” levantando a saia da mulher e mostrando o que estava todo enfiado nas nádegas.

A imprensa alardeou, os frequentadores do sofrido evento aproveitaram para filmar, onde a gravação deve ter sida enfiada no “youtube” e ganhado o mundo.

Não é de hoje que a música baiana começou com esses traços apelativos, que nem sabemos onde se enquadra o ritmo, se é pagode ou uma outra sem vergonhice qualquer, independente disso, foi assim que as garotas do Tchan começaram, a tal de Leocrete, que entre os remeleixos e frescuras, conseguiu até galgar as cadeiras da vereança soteropolitana.

Asssim com a criação de bandas apelativas, que não possuem letras nenhumas, somente repetição de frases pornográficas, domina a cabeça da maior parte da sociedade, ao passo que as sublimes músicas de grandes cantores, que a Bahia tem, fica para o “escanteio”, Fazendo sucesso lá fora, comprovando definitivamente que a cultura está empobrecendo, a educação claudica a duras penas e o povo fica dando prestígio a coisas desse tipo, gritando: Todo enfiado, todo enfiado... na miséria, desinformação, violência e tudo de ruim que possa enfiar em uma cabeça vazia.





Marcelo de Oliveira Souza







Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui