Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
114 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57517 )
Cartas ( 21184)
Contos (12611)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44292)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->MANGUABA CHORA O APILAR DE PILAR -- 05/07/2009 - 14:09 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Manguaba chora o apilar de Pilar







Manguaba Chora... Chora Manguaba...Na divindade do ser natural com sua beleza comum canta no Torrão saudoso q pintou Artur Ramos, a força salôba dágua cura a fome da Chã e do Pilar na pureza do coração Mãe, alimentando do Político ao Filho do Pescador sem entender as ambições más dos “HUMANANIMAIS” que degenera a idéia curumim do Pilar apilado na dor da Manguaba Mãe e sorrindo nasce nas manhãs das Azalagoas dos raquíticos bagres legislados aos interesses si e pra si chora os olhos na praça do latibum de Floriano Peixoto que lá ta na cabeça de bronze e pés de argila na Terra de Artur Ramos e dos BAGRES...



Oh! Pilar apilado a política perturba o sono eterno de Artur Ramos, defecam nas santas águas da bacia natural e na manipulação grossa “dinâmica” de uma contabilidade encardida e mansa dos tolinhos, vergonhosamente publicam uma quantidade assustadora de papeis pra limpar procto na merda do poder legislativo, na ladeira serpenteada da cidade tem um gigante rolo, que homenageiam o militar de um passado nefasto.” O ROLO DO MAJOR CAVALCANTE “...TERRA DE ATEUS TERRA DOS ROLOS, NA MERDA DA OPERAÇÃO PESCA BAGRE...O Cordeiro de Deus que Tire o Pecado do Mundo. Paz na terra aos bichos de boa vontade...Padre Bidião.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui