Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57371 )
Cartas ( 21181)
Contos (12601)
Cordel (10136)
Crônicas (22254)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44125)
Humor (18582)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2801)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138536)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A Chama da Liberdade -- 01/07/2009 - 11:07 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A Chama da Liberdade





A data de dois de julho ficou marcada como a consolidação da nossa independência, nos separando de vez dos portugueses, foi de fato uma batalha para conseguirmos o nosso intuito, diferentemente da data magna de sete de setembro.

A Chama da Liberdade acendeu nos corações dos baianos, muito tempo depois encontramos o nosso Estado comemorando a bravura dos nossos herois em uma das datas cívicas mais importantes do calendário, mas passada a festa percebemos que o nosso Estado ainda caminha para trás, onde a violência campeia, o direito dos baianos continua sendo vilipendiado, com escolas, parques, quadras, hospitais, estradas todas precárias, falta de segurança, além disso o funcionalismo continua perdendo direitos e poder de compra a cada dia, onde a inflação é maquiada.

Temos que comemorar bastante o ato de bravura dos revolucionários baianos, contudo só podemos lamentar que os anos passam e as coisas se não ficam estagnadas, pioram.

Assim a chama da liberdade vem de Cachoeira mais uma vez, contudo a cachoeira de lamentações desce junto com um sonho de liberdade onde todos pensavam em ter sua independência de Portugal, contudo o país que nos acolhe somente quer independência financeira para usar e abusar do cheque em branco que o povo assina de quatro em quatro anos.





Marcelo de Oliveira Souza

marceloosouzasom@hotmail.com

Salvador Bahia Brasil





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui