Usina de Letras
Usina de Letras
34 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61983 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10446)

Cronicas (22532)

Discursos (3236)

Ensaios - (10271)

Erótico (13561)

Frases (50402)

Humor (20004)

Infantil (5392)

Infanto Juvenil (4728)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140727)

Redação (3291)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1957)

Textos Religiosos/Sermões (6144)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Um Ser Vivente (Introspecção) -- 19/10/2002 - 20:10 (Adalberto Borges Souza Junior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
UM SER VIVENTE (INTROSPECÇÃO)



Estou relaxando, relaxando...

Aos poucos vou me deixando tomarpelo subconsciente,

Que é o centro do meu corpo.



Estou me arrrepiando

Deixando pulsar o coração

Saltitando

Com vontade de viver



Estou sentindo as veias

Com o sangue palpitando

Jorrando vida por todas as esquinas do corpo

Lubrificando todas as células



Estou emitindo ordens de anticorpos

Que vorazmente defende o meu organismo

De uma beleza intrínseca



Estou renovando as minhas células

Principalmente as oculares e aquelas pseudo-mortas



Estou exalando energia e fé

A todos a minha volta

Para que a paz e a felicidade retornem



Estou transmitindo

E captando

O puro amor

Pelas coisas

Pela natureza

Pelos homens

Todos produtos do perfeito inatingível:

Deus.



Adalberto Jr.

(71)9133-1329

jabssouza@aol.com.br
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui