Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
97 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57095 )
Cartas ( 21170)
Contos (12595)
Cordel (10090)
Crônicas (22210)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43742)
Humor (18479)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2712)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138304)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4887)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Os Protestos dos Estudantes -- 18/04/2009 - 21:21 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Os Protestos dos Estudantes de Salvador







Essa semana ficou marcada com os inúmeros protestos dos estudantes, reclamando a falta de professores na rede estadual e também na rede municipal.

É sempre bom reivindicar, principalmente quando é sobre a questão educacional, pois todos nós sabemos o quanto é importante a valorização do ensino público, a imprensa mostrou exaustivamente os prédios e seus corredores sujos com a ausência dos funcionários de limpeza.

Tudo muito bom, porém é necessário ressaltar até onde vai o compromisso dos estudantes para com a sua própria educação, a maioria não está preocupada com o aprendizado, muito menos com a conservação do patrimônio público, sujando a unidade educacional, desrespeitando os profissionais de educação (funcionários, professores e até diretores), com xingamentos e até agressões, isso tudo não é comentado na cúpula governamental, os segmentos da imprensa nacional já comentam exaustivamente o drama dos profissionais de educação.

Em sua maioria os estudantes comemoram a ausência dos professores, lamentam a presença deles, uns até verbalizam a sua ira...

Os protestos dos estudantes, vêm na sua maioria daqueles que estão para concluir o ensino médio, pois como estão prestes a fazer exames de vestibular, querem recuperar o tempo perdido depois anos sem dar muita importância ao aprendizado, pensando que vão aprender tudo de uma vez só.

Acho importante mesmo tardiamente, que eles percebam a importância de se valorizar o estudo e, por conseguinte os profissionais em educação, talvez com o “erro” todos nós da sociedade possamos repensar a educação, comprovando que nem tudo que é “gratuito” é ruim.





Marcelo de Oliveira Souza

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui