Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
340 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57968 )
Cartas ( 21205)
Contos (12801)
Cordel (10235)
Crônicas (22053)
Discursos (3146)
Ensaios - (9196)
Erótico (13451)
Frases (45055)
Humor (18893)
Infantil (4104)
Infanto Juvenil (3148)
Letras de Música (5500)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138532)
Redação (2987)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5203)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->LENDO O LIVRO DE RUBENIO -- 09/04/2003 - 11:17 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
LENDO O LIVRO DE RUBÊNIO (*)
José de Sousa Dantas, em 08/04/2003

A emoção tomou conta
do meu nobre coração,
pelas palavras sinceras
de RUBENIO, nosso irmão,
leu meu LIVRO e traduziu
fazendo grande menção.

Catedrático de visão,
poeta espetacular,
leu o LIVRO viajando,
conheceu o meu lugar,
o costume, as tradições,
a cultura popular.

Acadêmico exemplar,
hábil, firme e de talento,
tem alta percepção,
poder de discernimento,
toca, canta, cria, ensina,
sabe fazer julgamento.

Você tem conhecimento
é mestre, é compositor,
engenheiro e arquiteto,
advogado e cantor,
Membro da Academia,
músico e compositor.

É poeta, é escritor,
primoroso jornalista,
é rico em vocabulário,
excelente desenhista,
é eclético literato,
esmerado cordelista,.....

Expôs seu ponto de vista
numa obra genial,
sublime, maravilhosa,
poética, fenomenal,
reunindo vários temas,
de valor universal.

Um trabalho original,
de divina inspiração
é ESTIGMAS DO TEMPO,
uma fonte de lição,
recheado de poesia,
de alta conotação.

Escreveu: Meu violão,
Você, Saudosa alegria,
Cavaleiro da quimera,
Um poema, um novo dia,
Até quando, Liberdade,
Mulheres, Sabedoria.

Mar de sonhos, Elegia
ao cangaço, Saga fina,
Um poeta, Tuas mãos,
e Minha ex-colombina,
Soneto para esquecer,
Deixa, Presença divina.

Sua obra é genuína,
fruto dos contidos planos,
que o tempo acumulou
ESTIGMAS de vários anos,
transformando em realidade
os sonhos cotidianos.

Os sentimentos insanos
de todas as criaturas,
o sorriso e a tristeza,
as graças, as amarguras,
as escolhas, o destino,
os sonhos, as esculturas.

A magia das canduras,
o amor, a liberdade,
abundância e harmonia,
a luz, a prosperidade,
coragem, trabalho e pão,
ventura e felicidade.

RUBENIO sente saudade
dos seus pais, do seu lugar,
da infância, das quimeras,
da penumbra do luar,
da capital FORTALEZA,
do porto, da beira mar.

Das crenças, do linguajar,
dos poetas cantadores,
dos costumes nordestinos,
dos bravos agricultores,
dos amigos, das amigas,
das canções e dos amores.

Um LIVRO que os leitores
vão ter oportunidade,
de conhecer os detalhes,
com maior profundidade,
extraindo as lições
dos temas de qualidade.

RUBENIO seus feitos são belos, encantaM,
Um vate que toca, que canta, que criA,
Batalha, produz, procura expressaR,
Escreve, poemas, canções, etC.
Navega, pesquisa, promove, engrandecE,
Ilustra os trabalhos, poesia, cordeL,
Otimiza o nome do próprio MARCELO.

(*) RUBENIO MARCELO é membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras; é advogado, engenheiro, arquiteto, desenhista, músico, poeta, cordelista, jornalista, compositor, cantor, escritor, orador, dialético, barítono, poético, funcionário do Ministério da Justiça, amigo, conselheiro, cordial, prestativo, entusiasta, incentivador, divulgador, promovente, colaborador, palestrante, professor, tudo isso e muito mais.
RUBENIO participa da elaboração de composições, arranjos musicais, gravações de CDs, bem como da elaboração de poemas, teses, artigos, cordéis, em revistas, jornais, livros, antologias, concursos literários. É uma sumidade, é eclético, é um herói. PARABÉNS!

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui