Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
199 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59119 )

Cartas ( 21236)

Contos (13110)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9437)

Erótico (13481)

Frases (46507)

Humor (19274)

Infantil (4457)

Infanto Juvenil (3722)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138224)

Redação (3053)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5522)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Críticas (Reflexão) -- 30/03/2009 - 15:43 (Elias Torres) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Críticas

Texto: Elias Torres

A crítica pode ser um julgamento ou uma manifestação, com o objetivo de se fazer uma correção para ajudar o bom andamento de uma equipe ou de uma pessoa. Muitos criticam com o intuito de desprezar ou humilhar as pessoas, menosprezar expressões artísticas, trabalhos prestados, ou outras coisas, comportamento que acaba revelando que existem pessoas com esse tipo de desvio.

O critico mais perigoso é o polêmico, pois ele lança sua opinião para ver as pessoas se debatendo... “Até a casa pegar fogo”. Desditosamente esse tipo sente prazer nisso e pensa que fazendo polemicas revelem inteligência, mas o objetivo é sentir prazer em ver as pessoas discutindo, enquanto ele nem percebe que é uma pessoa desagradável.

Quando a polêmica é feita para o crescimento do grupo e da comunidade, por uma pessoa de bom caráter, aí sim, devemos chegar à conclusão da controvérsia levantada. Esses, podemos prestar atenção, sempre se preocupam com o grupo, são humildes e prestativos.

Não é normal a pessoa que todas às vezes levanta polemicas. Essa atitude precisa ser estudada com muito carinho, para descobrirmos quais são as intenções do polemico, se é um tipo de joio. Alguns deles fazem isso para o tempo passar ou para atrapalhar o desempenho da equipe. É melhor não dar créditos em suas argumentações.

Existem aqueles que fazem questão de cometer falhas, dizer coisas anormais, pois sabem que vai criar uma polemica somente para sair nas revistas, rádios, televisão, Net, etc. Fazem isso de propósito, só para estar na mídia, provocando o tal do “sucesso forçado”.

A crítica mal intencionada é como se atropelássemos uma pessoa com um caminhão, não parássemos e não socorrêssemos a vitima, o que poderia provocar a sua morte.

Existem três tipos de críticas: positiva, regular e negativa. A positiva é aquela que é construtiva e vem acompanhada de sugestões, de novas idéias e o crítico que a faz compartilha de forma harmoniosa. Melhora o clima organizacional.

A regular são aquelas que as pessoas tem que acatar por exigência legal ou política interna de um grupo, sociedade e empresa. Os críticos, quando fazem por meios de comunicados é para denunciar uma crise e para que o público fique sabendo de alguma irregularidade.

A negativa tem como meta humilhar as pessoas, trabalhos, artes e de atrapalhar o bom andamento de um grupo. O tempo passa e os projetos ficam todos parados, tudo por causa de um polemico mal caráter.

Todos as pessoas de bom senso sabem diferenciar se uma crítica é positiva, regular e negativa e distinguir a sua origem. Os tolos e as pessoas prepotentes não gostam de receber criticas, mesmo quando positivas. Há criticas que são benéficas ao grupo, sociedade, pessoal e empresa.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui