Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
13 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57389 )
Cartas ( 21182)
Contos (12609)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44151)
Humor (18587)
Infantil (3849)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138551)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Água nossa de Cada Dia. -- 25/03/2009 - 20:22 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos














Água nossa de cada dia.



Com o surgimento da Organização das Nações Unidas os grandes problemas que surgem tendem ser resolvidos de uma forma globalizada.

Assim foram criados dias especiais para que as pessoas possam parar para refletir sobre inúmeros problemas, como a problemática da crescente escassez da água.

A maior parte absoluta do nosso planeta é constituída de água, provavelmente por isso que as pessoas têm a idéia de que esse precioso liquido seja interminável, resultando em um gasto desenfreado do conteúdo, quem for mais atento perceberá que os rios estão sumindo, dando lugar às valas de esgotos, as fontes naturais também; as lagoas diminuem a cada dia e em pouco tempo a água potável vai ser mais um motivo para as reações bélicas.

Muitas campanhas são feitas, como o dia mundial da água, contudo para termos realmente uma consciência vai demorar muito, as crianças ainda mostram ter uma sensibilidade quanto ao assunto, porém quando chega à adolescência, todo aquele aprendizado de proteção à natureza se esvai como uma pororoca nervosa na região amazônica.

É muito triste saber que em países lindos como o Brasil as suas florestas estão sendo dizimadas, os seus patrimônios naturais dilapidados, porém o mais triste ainda, é saber que diante de toda a falta de estrutura que o governo insiste em dizer que proporciona aos seus cidadãos, como saúde, educação, moradia, nós ainda completamos esse tripé incluindo o desperdício de água a essa lista de direitos básicos jamais adquiridos para uma vida digna.







Marcelo de Oliveira Souza



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui