Usina de Letras
Usina de Letras
21 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10254)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5387)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Erotico-->SAFADINHA -- 29/10/2002 - 14:29 (Andrezza) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos



SAFADINHA

MINHA MÃE SEPAROU-SE QUANDO EU TINHA 5 ANOS E 2 ANOS DEPOIS ESTAVA CASADA COM VÂNIO QUE ME CRIOU COMO FILHA, MUITO SAPECA, AOS 12 ANOS EU JÁ APRONTAVA COM OS GAROTOS DO COLÉGIO, BEM DESINIBIDA DEIXAVA QUE ALGUM DELES ME ALISASSEM . RICARDO, FILHO DE VÃNIO ME PEGAVA VOLTA E MEIA NO QUARTO SEM BLUSA SENDO TOCADA POR ALGUM COLEGUINHA E LÁ VINHA BRONCA.
RICARDO ERA LINDO, MORENO CORPO DE HOMEM TINHA UMA NAMORADA E SEMPRE EU O FLAGRAVA DANDO AMASSOS PICANTES PELA CASA PRINCIPALMENTE NA AUSENCIA DOS ADULTOS. UM DIA DURANTE UM TRABALHO DE ESCOLA E JÁ COM MEUS 14 ANINHOS RICARDO ME SURPREENDEU COM DUDU UM GAROTO LINDO DA ESCOLA , NA CAMA NÚS TROCÁVAMOS ALGUMAS CARÍCIAS, FOI ESCANDALO. POR SORTE MINHA MÃE NÃO FICOU SABENDO, E EU FUI DOIS DIAS DEPOIS PEDIR DESCULPAS, AO ENTRAR NO QUARTO SEM BATER, RICARDO ESTAVA NU E EXCITADO VENDO UM DESSES FILMES DE SACANAGEM, EU ESTAVA APENAS COM UMA CALCINHA MINSCULA E UMA CAMISETINHA JUSTINHA QUE REALÇAVA OS SEIOS, RICARDO ASSUSTADO CUBRIU-SE COM UM TRAVESSEIRO DANDO UMA BRONCA POR HAVER ENTRADO SEM BATER. DE OLHO NA TV, FECHEI A PORTA COM A CHAVE E PULEI NA CAMA TIRANDO-LHE O TRAVESSEIRO E ME RECOSTANDO PARA VER O FILME, RICARDO APAVORADO PROCUROU O CONTROLE MAS JÁ ESTAVA NA MINHA MÃO. NA INTENÇÃO DE PEGA-LO RICARDO TERMINOU FICANDO SOBRE MEU CORPO, O PÊNIS DURO FORÇAVA MINHA BARRIGA QUE ESTAVA A MOSTRA. FICAMOS NAQUELA POSIÇÃO NOS OLHANDO, RICARDO SEGURAVA MEUS BRAÇOS, ENQUANTO NÃO TIRAVA OS OLHOS DA MINHA BLUSA EU PARECIA HIPNOTIZADA POR AQUELE PEITO LARGO, ELE BALBUCIOU ALGO DO TIPO VC É MINHA IRMÃ. E DEIXOU O ROSTO CAIR SOBRE MEUS SEIOS. UMA DAS MÃOS SOLTOU E COMEÇOU A EXPLORAR MINHA BARRIGA LEVANTANDO A BLUSA E TOCANDO O BICO QUE LOGO ENRIJECEU. COM A OUTRA MÃO DESCEU DEVAGAR ATÉ MINHA CINTURA RETIRANDO DELICADAMENTE MINHA CALCINHA. EM SEGUIDA MINHA BLUSA E COMEÇANDO A BEIJAR-ME O CORPO TODO. TREMIÁMOS DE MEDO E ANSIEDADE. SUA BOCA DESLISOU ATÉ MINHA XANINHA ROSA E PELUDINHA , DELICADAMENTE ELE ABRIU MINHAS PERNAS COLOCANDO SUA LINGUA QUENTE NA ENTRADA DE MINHA VAGINA ME FAZENDO SOLTAR GRITINHOS E TREMER DE TESÃO. PODIA SENTIR UM CALDO QUENTE ESCORRENDO E SENDO SUGADO POR SUA BOCA. TROCAMOS UM LONGO BEIJO E ELE ME PÓS DE QUATRO ONDE FEZ O MESMO COM MEU RABINHO, EU MEXIA NA INTENSÃO DE PROVOCAR AINDA MAIS.
FICAMOS NA POSIÇÃO DE 69 E NÃO FOI DIFICIL GOZARMOS, ELE ENFIAVA O DEDO NO MEU RABINHO NA INTENSÃO DE ALARGA-LO.
PARAMOS APÓS OUVIR UM BARULHO NA PARTE DE BAIXO DA CASA, ME VESTI E VOLTEI PARA O QUARTO PENSANDO EM RICARDO. AINDA COM O GOSTO DE SEU LEITE NA BOCA.
A NOITE APÓS O JANTAR, MINHA MÃE ANUNCIOU QUE VIAJARÍAMOS NO FIM DE SEMANA, RICARDO ME OLHOU QDO VANIO ANUNCIOU QUE TERÍAMOS QUE DIVIDIR UM QUARTO DEMONSTRANDO NÃO GOSTAR DA IDEIA, MEU CORAÇÃO HAVIA DISPARADO E DE IMEDIATO TAMBÉM FIZ CARA FEIA. MAMÃE NA SUA BOA INTENSÃO TENTOU APAZIGUAR E EXPLICAR QUE JÁ ESTÁVAMOS CRESCIDINHOS PARA ESSE TIPO DE BRIGUINHA. RICARDO SAIU DA MESA POUCO A VONTADE SAINDO RUMO A RUA. MAMÃE RIU.
NA SEXTA FEIRA COM AS MALAS PRONTAS FOMOS SURPREENDIDOS POR VANIO QUE CHEGARA EM CASA COM UM PRESENTE PARA RICARDO, UM CARRO. VIAJARÍAMOS EU E ELE NO MESMO CARRO E MAMÃE E VANIO NO DELES, NA ESTRADA RICARDO AO PASSAR A MARCHA TOCOU MINHA PERNA, EU RI E ELE CONTINUOU AFAGANDO-A. QDO O CARRO SE DISTANCIAVA DO DE VANIO ELE TOCAVA MEUS SEIOS. AO PARARMOS PARA UM CAFÉ , FUI AO BANHEIRO E TIREI A CALCINHA. DE VOLTA A ESTRADA O SURPRENDI , PUXANDO SUA MÃO PARA O MEIO DE MINHAS PERNAS, ELE ACARICIAVA MEU GRELINHO E EU APERTAVA O VOLUME FORMADO NO MEIO DE SUAS PERNAS.
AO CHEGARMOS NO HOTEL RICARDO ENCARREGOU-SE DE LEVAR AS BAGAGENS PARA OS QUARTOS, NO RESTAURANTE POR BAIXO DA MESA NOS CATUCÁVAMOS. FICAMOS ALI ATÉ TARDE, RICARDO SUBIRA PARA DORMIR E EU FICARA JOGANDO BARALHO COM MAMÃE E VANIO.
AO CHEGAR NO QUARTO RICARDO PARECIA DORMIR , FUI PARA O BANHEIRO TOMAR UMA DUCHA E FUI SURPREENDIDA POR ELE, NO CHUVEIRO TROCAMOS VÁRIOS CARINHOS. NA CAMA AS CARÍCIAS FORAM MAIS INTENSAS E QUANDO PERCEBEMOS JÁ ESTÁVAMOS NUM VAI E VEM ALUCINANTE, TROCÁVAMOS OBCENIDADES AO PÉ DO OUVIDO
RICARDO E EU PARECIAMOS NOS ENCAIXAR COM PERFEIÇÃO, AOS POUCOS A IRMÃZINHA SAPECA FAZIA BROTAR UMA MULHER SAFADA , RICARDO DELIRAVA ENQUANTO EU ME EMPENHAVA EM DEIXA-LO LOUCO. EXPERIMENTAMOS VÁRIOS NAGULOS E POSIÇÕES, EU DE 4 PARECIA UMA CADELINHA NO CIO, CAVALGANDO-O EU ERA UMA EXCELENTE AMAZONA PASSAMOS A MADRUGADA ENTRE GOZOS E SUSSURROS. NA MANHÃ SEGUINTE DURANTE O CAFÉ DA MANHÃ, TENTÁVAMOS DISFARÇAR DE NOSSOS PAIS A NOITE QUENTE QUE HAVIAMOS EXPERIMENTADO, ENTRE UMA E OUTRA DISTRAÇÃO DELES TROCÁVAMOS SEGREDINHOS DE CAMA E INSINUAVAMOS FANTASIAS PARA A NOITE QUE VIRIA. DURANTE MUITO TEMPO EU E MEU IRMÃOZINHO DIVIDIMOS A MESMA CAMA.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui