Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
96 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57376 )
Cartas ( 21181)
Contos (12603)
Cordel (10137)
Crônicas (22259)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44131)
Humor (18585)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2802)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138543)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Redação-->Janela -- 22/08/2017 - 08:59 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Janela

Sempre ao lado lá está ela ao desembarcar da vida. Cheia de esperança na vida, na paisagem... consegue sentir a brisa no rosto de histórias contadas... vividas... mal sabe que contraditórios existem sem ao menos tocar sua realidade. Eles, os contraditórios vivem na superfície de um pulsar sem ter o que bombear. Pulsa, mas não vibra. Vibra sem pulsar com o impulso peculiar de quem assiste a tudo da janela lateral. Vários cantos com janelas mostram também possibilidades do que insistimos ser impossível. Respirar o que dela vem sem indagar, mas sendo devagar em sentir cada aroma da vida que todos os dias apresenta um grande espetáculo. Sem cobrança ou data para estrear e apenas se fazer presente, o que já é suficiente.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui