Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
246 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57914 )
Cartas ( 21200)
Contos (12732)
Cordel (10223)
Crônicas (22341)
Discursos (3145)
Ensaios - (9155)
Erótico (13440)
Frases (44823)
Humor (18798)
Infantil (4032)
Infanto Juvenil (2998)
Letras de Música (5486)
Peça de Teatro (1324)
Poesias (138560)
Redação (2965)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5103)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->DORES DO AMOR -- 04/07/2000 - 18:05 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






DORES DO AMOR





A noite transmitia confidências

De irmão para irmão

A história de um certo amor

De frágil condição



A história de uma mulher arribadiça

Legal

Etc e tal

Mulher casada castiça

Carrapato do coração

De certo irmão

Que a amava com paixão



A noite falava árabe lá no Beirute

Com quibe frito e bolo-pão

Amenizando a confissão



Sentado à mesa da comunidade

Em ócio cão

O enamorado contava o caso

Com redobrada emoção



Contava com enlevo

E relevo

Baixo e alto

O fomento

Do envolvimento



Ao lado da narração

Noutro tom

Outras vozes e gargalhadas

Nasciam opacas

Em clima de guitarradas

Sem, que perturbassem

A reportagem relativa à raça de uma mulher

Bacana casada

E à figura da outra passada



Os bambus sombrios

Da noite aberta local

Testemunhavam as fronteiras físicas do diálogo

Mas deixavam intactas as dúvidas

As incertezas as dores e os amores

E o íntimo destroço

Do moço.





Jan Muá

Brasília 1972
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 75Exibido 716 vezesFale com o autor