Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
95 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57395 )
Cartas ( 21182)
Contos (12616)
Cordel (10141)
Crônicas (22260)
Discursos (3139)
Ensaios - (9065)
Erótico (13414)
Frases (44153)
Humor (18595)
Infantil (3853)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138563)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2409)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4945)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Curso para diretor de escola na BAHIA -- 06/11/2008 - 12:16 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Curso para diretor de escola





Há quase um mês os professores da rede estadual de ensino “ conseguiram” realizar um grande sonho, a eleição direta para gestor escolar.

Para isso temos que ter um determinado tempo de serviço, sermos graduados, e só poderemos nos candidatar ao sonhado cargo na unidade de ensino que formos lotados.

Uma grande parte dos profissionais de ensino se arvorou logo para participar desse tal curso, que é na sua maior parte é via internet, onde tem um site com aulas e apostilas para o cursista imprimir e adentrar mais ainda no mundo pedagógico-administrativo.

Todos empolgados, foram praticamente em caravana para o tal Instituto Anísio Teixeira (IATE), foi uma verdadeira confusão na ladeira próxima ao citado local, professores desesperados estacionavam carros em tudo quanto é lugar, uns abandonavam seus veículos para não perder a aula inaugural, foi uma verdadeira agonia.

Depois desse desespero, os nossos heróis começaram a trabalhar em fóruns virtuais as apostilas. Logo após tivemos que fazer exercícios com tempo de trinta minutos, em contagem regressiva, para sermos avaliados.

Não bastando, ainda apareceu um plano de gestão, para quem não sabe nem se vai ser gestor de alguma escola, finalizando o ciclo de agonia, temos que deixar nosso lazer, em pleno domingo para fazer uma avaliação, para acertar no mínimo setenta por cento.

Chegando na última semana de sufoco, ainda apareceu mais um módulo, para a gente debulhar em dois dias para a avaliação.

Segundo os pedagogos, os mesmo que trabalham no módulo, a avaliação é uma forma de exclusão, de separação, por isso eles são terminantemente contra esse tipo de atividade avaliativa.

Paradoxalmente, é exigida uma avaliação para que o “sonho” de ser diretor de escola se aproxime, depois de todas essas fases é que iremos concorrer ao suado cargo, através de eleição.

Ora, não sei por que tanta exigência, para um cargo de direção de escola, pois todos nós sabemos que nossos mandatários ( governadores, presidente, deputados, diretores de instituições públicas) não fazem plano de gestão, tampouco concurso público, eles são selecionados através de voto popular e no caso de diretores de instituições, as famosas indicações.

Portanto, todos entendemos que esse meio avaliativo é mais uma forma de não cumprir com mais uma promessa de campanha do governo, muitos professores como eu, já desistiram, nós não merecemos tanto descaso, aliás, todos nós do meio escolar, já sabemos como isso irá terminar...

Não acredito que o nosso governador, tão sensível à questão dos funcionários públicos está a par de toda essa aflição, que tornou-se um simples curso de gestão.









Marcelo de Oliveira Souza



















Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui