Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
107 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57381 )
Cartas ( 21182)
Contos (12607)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44146)
Humor (18586)
Infantil (3848)
Infanto Juvenil (2803)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138550)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->Paralisação nacional dos Professores -- 17/09/2008 - 11:07 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Paralisação nacional dos Professores







Terça feira foi um dia de protesto para a classe docente, pois esse sonho de piso nacional além de privilegiar poucos é uma verdadeira parto para sair.

Todo país digno sabe que devemos valorizar a educação, oferecendo cursos aos professores e funcionários, que realmente seja decisivo na carreira desses profissionais.

Contudo os nossos mandatários só lembram de educação quando é época de eleição, não adianta coibir a criminalidade, sem tratá-la desde o nascedouro, porque se fizermos erroneamente dessa forma, a violência será um poço sem fundo.

A saúde, educação e segurança, é um eterno tripé, que deve ser observado por todos que desejam fazer o mínimo pela sua população.

Não adianta tanta promessa, tantos projetos, que não dão em nada, o que importa é que a sociedade está sofrendo continuamente com toda essa celeuma social.

As pessoas estão esquecendo os bons valores como paz e harmonia, que estão sendo trocados por produtos de marca, carro do ano, celulares e tudo que o consumismo pode oferecer.

Não é errado a pessoa sonhar em ter determinados produtos, mas como as coisas estão acontecendo, o deslumbramento pelo alheio, com o massacre das propagandas na mídia televisiva, faz muitas pessoas que não têm uma orientação no lar, procurar atingir o seu objetivo através do errado.

Isso tudo começa na educação doméstica, onde a sua extensão, a educação escolar, já começa capengando, em que os pais depositam seus filhos nas unidades escolares e só voltam na matrícula do ano que vem.

A desvalorização crescente do magistério acarreta todo tipo de drama, enquanto o professor não for valorizado, a sociedade não vai a lugar algum.

A paralisação ocorreu, ninguém teceu uma linha sequer, preferindo comemorar o aniversário de D. Canô, com inúmeras festividades, merecidamente, mas existe um sem número de idosos que estão à espera do mesmo carinho nos asilos, como personalidade dá audiência...

Nossa paralisação passou, mas a mentalidade da sociedade continua a mesma, e ao contrário de Canô, o povo continua entrando pelo cano.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui