Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
102 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58327 )
Cartas ( 21214)
Contos (12909)
Cordel (10243)
Crônicas (22117)
Discursos (3152)
Ensaios - (9264)
Erótico (13458)
Frases (45506)
Humor (18992)
Infantil (4221)
Infanto Juvenil (3315)
Letras de Música (5511)
Peça de Teatro (1329)
Poesias (138815)
Redação (3009)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5297)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Frases-->LIMITES -- 31/05/2011 - 00:07 (Dalva da Trindade S. Oliveira (Dalva Trindade)) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:132095480563094600

LIMITES

Não exija de si mais do que é capaz de realizar, mas não recue diante dos obstáculos quando sabe que tem capacidade para vencê-los. O esforço excessivo poderá esgotar suas forças e fazer com que o resultado almejado escoe entre os dedos das suas mãos. Teste os seus limites, mas com a certeza de que o objetivo será alcançado se houver firme concentração nas metas e observância das fronteiras da sua força. A longo prazo, o estresse não compensa o esforço demandado.

Dalva da Trindade S. Oliveira
(Dalva Trindade)
31.05.2011

 

      Maria de Fatima Moraes Rodrigues

                   LIMITES

 “Feliz de ler mais uma das suas sábias publicações.

É na primeira etapa do seu texto, que entendo ser o ponto de equilibrio das nossas vidas, onde cometemos nossos erros e falhas, digo sem culpa e, sim, com o reconhecimento de que a correta avaliação e a disciplina podem alterar essa nossa percepção para o melhor.

Sempre estamos a exigir mais de nos mesmos do que a lógica humana nos possibilita. Vencer desafios...ouvimos de tempos remotos...obstáculos...são tantas as interferencias... que passamos a dúvidar de nos mesmos, de tudo e de todos. Creio, que, dai venha a dificuldade, o esgotamento das forças, etc, planejamento, concentração, foco armas de sobrevivências, mas, principalmente, fé em Deus!

Afetuoso abraço.

2011.06.01 12:39”

Linda interação, amiga Maria de Fátima. Obrigada

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 3Exibido 353 vezesFale com o autor