Usina de Letras
Usina de Letras
13 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62153 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50555)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140788)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6177)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Quero dizer -- 29/06/2000 - 11:27 (Anita de Souza Coutinho) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
QUERO DIZER



Quero contar-lhe um segredo,

destes que a gente não conta para ninguém

e fica curtindo a vitória sozinho...

Quero lhe entregar um longo e delicioso beijo,

destes que a gente fica imaginando,

vez ou outra, no escuro, pouco antes de dormir.

Quero lhe dizer novo poema,

destes em que as metáforas

são mais que verdades

e fazem mais que um convite irrecusável .

Quero que saibas, somente

que ainda ando pensando em você...



Quero lhe pedir desculpas

por ainda lhe gastar o tempo com palavras tão minhas.

Quero lhe dizer das erratas do cotidiano,

das mutações dos sorrisos,

das verdades dos poemas contemporâneos...

Quero lhe dizer segredos.

Quero lhe pedir sem medo da negativa.



Agora, me cabe somente a porção dos refugiados.

Dos que renegam ou são vistos calados.;

Dos que percebem e mostram olhares encantados.

Agora me cabe somente a porção da despedida,

Que retém um pedido, o teu silêncio oportuno,

Um dia ensolarado, uma hora qualquer, um anjo descontraído,

Um beijo estalado...

Um momento simples.



Quero lhe pedir o que tiver, não o que vier.

Quero poder lhe dar um sorriso doce na hora de uma despedida,

Destas da vida.

Quero lhe dizer adeus

Mesmo sem querer dizer

Que foi por mais um dia pensando em você...

Tanto que me fez lembrar que tenho que esquecer.





Anita de Souza. Coutinho.

Dezembro de 1999)

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui