Usina de Letras
Usina de Letras
9 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62153 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50555)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140788)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6177)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Resposta a um Mediocre! -- 21/07/2008 - 15:53 (aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa/Alcir JT. de Souza) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Resposta a um Mediocre !



Caetano





És simplorio folclore musical

Obtuso pensador local

Limitado vislumbrador mundial;

Incoerente planetário absolutamente fecal



Em momento de seca militarmente profana

Fostes erroneamente adotado pela burguesia insana

Versaste suas incoerências e desatinos

Redundaste em blasfêmias obtusas

Chafurdaste na lama do nuveau

Falsos tabus transpuseste

Flatulencias verbais compuseste





Afeto ao poder e a riquesa

Vassalo de acmes e cravos afins

Seborreica a tacanha explosão

Da fistula putrea inerente

Transformada em momento reluzente

Da covardia em ti patente

Do mediocre sim e não





Caetano







Vive teus louros indevidos

Aprecia a fama global tabloidea

Aconchega-te dos esbirros mentirosos

Que te endeusam asneamente

És o que és imutavel e pétreo

Obtuso e ignobil

Resquicio da arrogância

Da Bahia de Rui Barbosa

Em qual idioma quereis que vos fale?

Pelas asneiras e sandices proferidas

O silêncio é tua maior expressão!





Caetano:

Tu calado és um poeta proLIXO!





Alcir de Souza

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui