Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
75 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57106 )
Cartas ( 21170)
Contos (12598)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43755)
Humor (18485)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2717)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4891)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Lembra -- 01/09/2002 - 16:37 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Lembra daquele dia (interrogo)

Em que eu fiquei calado comigo mesmo,

Sentindo a tristeza de ser triste

A vontade de chorar sem poder.



Não sei o que havia comigo,



Uma melancolia imensurável

Era o que parecia ser.



Não queria ficar

Nem queria ir

Só fensava em gritar

Com aquela horrível situação.



Não sabia mais quem eu era

Nwm sequer porque respirava

Só sabia que sentia o que não poderia sentir.



De repente ao vê-la em minha frente

Senti meu corpo falar por minha boca

Minhas mãos fazerem gestos incontroláveis

Meu coração bater fora do compasso

Foi você que me fez mudar.



mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm



O amor faz os gestos incontroláveis aparecer, por isso é o mais puro e sincero sentimento.



Marcelo de Oliveira Souza

04/01/1989
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui