Usina de Letras
Usina de Letras
7 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62153 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13567)

Frases (50555)

Humor (20023)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140788)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6177)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Os Bola-da-Vez ! -- 18/05/2008 - 16:57 (aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa/Alcir JT. de Souza) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Os Bola-da-Vez !



Desde o principio, a relação entre o homem branco que chegou ao novo mundo e os povos que aqui já se encontravam desde tempos imemoriais estava fadada para o desastre e para a morte; tudo começou, com a fraudulento desrespeito de se rotular os habitantes das novas terras indiscriminadamente de “índios” e também em suas referências a ignóbil e auto concedida “descoberta”(como se descobre algo que não estava escondido ou perdido e já possuía habitantes ?) ; que por ser mais uma farsa semântica é facilmente desmascarada bastando apenas lembrar da passagem anterior a este pseudo titulo de posse quando da vinda as terras das hoje três Américas por povos: que tiveram inicio com a travessia efetuada pelos homens de Neanderthal, Cro-Magnon e Homo-Sapiens que povoaram as terras após a era glacial que aqui os trouxe ( na história da espécie alguém sempre se dá mal; neste caso foi o Homem de Neanderthal que foi extinto ou teve de permitir ser absorvido pelos outros grupos mais belicosos e traiçoeiros na tentativa de evitar a extinção); para então considerarmos as vindas dos Fenícios e dos Vikings para por a baixo a farsa da “descoberta” , palavra que criou um conceito, cujo único propósito é o de dar legitimidade as chacinas e a pilhagem levadas a cabo pelos falsos descobridores e seus prepostos até os dias de hoje

Enquanto eram recebidos pelos “SILVICOLAS” com respeito, consideração e amizade tinham os mal cheirosos recém chegados em suas intenções a dubiedade dos gananciosos e dos covardes, pois cobiçavam tudo o que viam e tocavam de forma tão vil que se perpetuou até os dias em que vivemos; as doenças e a destruição dos recursos de primeira vista foram os primeiros legados, seguidos pela desconfiança e pelo ódio que passaram a causar aos verdadeiros proprietários da terra . Civilizações foram dizimadas; Toltecas. Zapotecas, Astecas , Maias, Incas, dentre outras que deixaram de existir graças a sanha assassina dos invasores , tribos foram escravizadas e mortas por recusarem-se a aceitar o domínio e a servidão; as confederações Tamoios, Tupinambás ,Tupis além das que se rebelaram na Amazônia e foram destruídas e reduzidas a meros grupelhos escondidas e exiladas em suas próprias terras; sem esquecer dos donos das terras do Norte que foram dizimados e manipulados até o século XX com a motivação exclusiva pela ganância e crueldade dos chamados homens brancos; todas as tribos dos USA foram vitimas da vileza dos invasores, várias foram dizimadas até o ultimo homem, mulher e criança como : os Seminoles, Mohicanos, Apaches, Chiricauas , Crows, Karankawas dentre tantos outros que deixaram de existir como nação, apenas por terem aquilo que o colonizador assassino desejava e que sendo um genocida sem escrúpulos tudo faria para possuir sem medir as conseqüências de suas ações .

Tentativas de resistência e de luta para impedir o fim trágico que se aproximava, foram levadas a cabo em períodos e locais isolados ; Tamoios , Tupinambás e as confederações Amazônicas no Sul enquanto no norte as Tribos deixavam suas marcas nas cabeças dos que contra eles combatiam; porém, como a história é escrita pelos vitoriosos, estas tentativas de auto preservação foram transformadas em atos de crueldade e selvageria levados a cabo por selvagens sanguinários,covardes e assassinos; o que ficou esquecido, foi a crueldade com que os homens brancos sábios e tementes a Deus, faziam com as mulheres e crianças indefesas e com os guerreiros vencidos em combates entre forças desiguais ; apenas nos lembramos do suposto massacre da sétima cavalaria do megalômano George Armstrong Custer e de seus estupradores e genocidas, que em grande número ao se verem cercados pela arrogante incompetência de seu comandante ,pela inteligência de Touro Sentado e pela bravura de seus guerreiros Siuxes cometeram o ato dos covardes : o suicídio; razão pela qual muitos permaneceram com seus escalpos pois não existe honra no escalpo de um covarde.

A história das Américas esta carregada de mentiras, de massacres, de atos de genocídio e baixeza tal , que muitas vezes me recuso à acreditar que sou parte da mesma civilização que os perpetrou, uma sociedade que leva sua existência a fingir que tais atos jamais aconteceram;não posso me furtar a falar sobre os massacres perpetrados contra as tribos Waimiri-Atroari que durante a construção da BR-0174 (Manaus _ Boa Vista)foram atacados com dinamite lançada de aviões e também envenenados com arsênico, dos Pataxós na Bahia, dos Beiços-de-Pau dentre tantas outras tribos dizimadas a bala e também, não poderia deixar de lembrar dos cobertores oriundos das colônias de tuberculosos e de leprosos , que a FAB (Força Aérea Brasileira) levava e “doava” aos índios além de brinquedos infectados com a varíola que eram simplesmente atirados na selva por aviões para que fossem encontrados pelas crianças e levados para as aldeias, ação extremamente efetiva,pois por não possuírem defesas imunológicas contra uma simples gripe morriam as centenas e aos milhares desde que se deu inicio a aproximação e a conseqüente descoberta de minerais preciosos em suas terras como, o ouro,a cassiterita e os diamantes além das madeiras nobres que se transformam ao serem descobertos em terras dos índios em justificativas inquestionáveis para que se dêem inicio aos massacres.( O Marechal Candido Mariano Rondon.que era descendente dos Terenas e os irmãos Vilas Boas são exemplos que jamais foram seguidos pelos encarregados das políticas indigianistas e de proteger os recursos humanos, minerais e biológicos do Brasil)

Os conquistadores espanhóis que destruíram civilizações pelo ouro e os bandeirantes que abriram o caminho para a ganância desmedida pelas esmeraldas foram os disseminadores dos conceitos de vale-tudo entre os brancos e os silvícolas, pois trouxeram a tona o que existe de pior entre a espécie e criaram a ausência de regras nas relações de garimpo que até hoje perduram nas relações do homem com aquele mesmo diamante que no século passado, levou a desgraça paises como a África do Sul, que manteve um sistema de governo desprezível e abjeto apoiado única e exclusivamente pela ganância gerada pelo controle das minas de diamantes; sem esquecer também do Congo Belga e de outras nações africanas que foram dizimadas pela cobiça dos De Boers e outros nomes de origem judaica que tem em sua história a marca do sangue e da ignomínia marcados pelo metal mais duro e precioso que existe .(raridade artificial,provocada pelo controle das jazidas levados a cabo principalmente pela famiglia De Bôer)

Atualmente os Cintas-Largas são as mais recentes vitimas da selvageria motivada pelo desejo e cobiça pela da pedra de fogo e morte; tendo sido descoberta (?) em suas terras a possivelmente maior jazida de diamantes do hemisfério, foram os referidos silvícolas, condenados a extinção pela segunda vez; visto que o que resta de Cintas-Largas hoje são os sobreviveram ao massacre do paralelo 11, sendo sobreviventes da maior chacina promovida pela ganância no século passado durante o nefasto período ditatorial em território brasileiro e levada a cabo por seringueiros, empresários e garimpeiros com a conivência do então Serviço de Proteção ao Índio(SPI) sob a direção do Major da Aeronáutica Luis Vinhas Neves ; eles desta forma são sabedores do que lhes reserva o futuro e assim, conseqüentemente, preparam-se para lutar até a morte por suas terras e por seu patrimônio cobiçado por todos.

Os garimpeiros, que agora são chamados de vitimas, (tudo de novo) não devemos esquecer, invadiram as terras da reserva Roosevelt e lá encontraram seu fim, não foram assassinados ou chacinados em terras publicas e sim em terras de propriedade demarcada para os silvícolas da tribo em questão; invasores e sabe-se lá o que mais, pois sabemos todos, que garimpeiros não são indivíduos pios,castos e de índole inquebrantável em defesa dos valores morais e éticos que deveriam nortear a civilização: são em sua grande maioria desclassificados, matadores de aluguel , bêbados e estupradores que além de disseminar doenças entre os silvícolas são contrabandistas das riquezas nacionais, de armas e de drogas; crimes imputados a eles e aos seus lideres, como o coronel Sebastião Curió de Serra Pelada dentre outros .

O governador Ivo Cassol de Roraima, dentre outras “brilhantes” conjecturas prega a presença da Caixa Econômica Federal, na compra dos diamantes extraídos para garantir que a nação,o estado e o município recebam o seu quinhão no saque das terras e das riquezas nelas contidas dentro da reserva de propriedade dos Cintas-Largas. E aqui, para eximir-me da canalha pergunto: já que a CEF é a garantia da lisura na distribuição do butim , onde está o ouro comprado apenas pela Caixa no garimpo de Serra Pelada ?

Chega de mentiras, parem com a farsa, os Bola-da-Vez(digo) Cintas-Largas tem as riquezas e os brancos as querem é simples e obvio ; eles obterão o que querem em detrimento dos silvícolas, que mais uma vez, irão perder além de tudo o que têm(restou) perderão também suas vidas e serão apontados pela história canalha dos vencedores genocidas como os únicos culpados por seu próprio extermínio.

Nada Muda quando não se tem caráter !

Alcir Jose Trigo de Souza



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui