Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
276 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57824 )
Cartas ( 21201)
Contos (12755)
Cordel (10224)
Crônicas (22042)
Discursos (3145)
Ensaios - (9163)
Erótico (13441)
Frases (44849)
Humor (18808)
Infantil (4037)
Infanto Juvenil (3013)
Letras de Música (5488)
Peça de Teatro (1325)
Poesias (138415)
Redação (2969)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2414)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5110)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CONDOR -- 25/06/2000 - 17:54 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos








CONDOR











Sou esse pássaro

Recolhido no galho da noite

E aberto ao sorriso

Da bajulação do sol



É meu este espaço livre

Que se abre na montanha

E também a leveza da neve branca

Que derreterá ao calor do beijo quente



Todo o horizonte de meus olhos

Me pertence

Quando canto na solidão

Da hora sagrada do meu pouso



O céu azul é meu sonho

Para viver

Quando me recolho na rocha



Entre horizontes vários

Minhas asas voam

E meu canto sobrevoa a toca

Onde está a outra metade

Do meu mundo.







Jan Muá

Quito 1991
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui